São Paulo – Tentando manter a crise política longe das quatro linhas, o Corinthians recebe o Goiás hoje, às 21h45, no estádio do Pacaembu, em partida válida pela Copa Sul-Americana. No primeiro jogo, o time paulista venceu por 2 a 0, no Serra Dourada, e por isso a equipe comandada pelo técnico Geninho tem de vencer por dois gols de diferença, a partir de 3 a 1, para avançar às oitavas-de-final da competição. O vencedor do duelo enfrenta o River Plate, da Argentina, na fase internacional do torneio.

Ao contrário da primeira partida, o técnico Márcio Bittencourt optou pela escalação do time titular. Assim, o único desfalque para o jogo é o lateral-esquerdo Gustavo Nery, que está servindo a seleção brasileira. Em seu lugar entra Ronny.

No adversário, o atacante Rôni será a principal novidade. Recuperado de uma contusão muscular, o jogador não atua desde o último dia 14, na vitória por 2 a 0 sobre o Flamengo, pelo Brasileiro, no Serra Dourada.

Ficha técnica

Corinthians – Marcelo; Eduardo, Sebá, Betão e Ronny; Fabrício, Marcelo Mattos, Rosinei e Roger; Jô e Carlitos Tevez. Técnico: Márcio Bittencourt. Goiás – Harlei; André Dias, Júlio Santos e Rogério Corrêa; Paulo Baier, Danilo Portugal, Cléber, Rodrigo Tabata e Jadílson; Souza e Rôni. Técnico: Geninho. Árbitro: Alicio Pena Júnior. Local: Pacaembu, em São Paulo. Horário: 21h45.

Se MSI sair, craques ficam

São Paulo – Em uma eventual rescisão de contrato entre Corinthians e MSI, o clube não correrá risco, pelo menos imediato, de perder os jogadores trazidos pela atual parceira. É claro que a empresa vai lutar pelos jogadores, mas para isso, poderá ter de recorrer à Justiça.

Segundo o advogado Domingos Sávio Zainaghi, especializado em direito esportivo, a Confederação Brasileira de Futebol não reconhece a empresa representada pelo iraniano como detentora dos direitos dos atletas.

Hoje, o presidente Alberto Dualib viaja para Londres, onde deve se reunir com os principais investidores da MSI. A finalidade do encontro é pedir a cabeça de Kia Joorabchian.