Após ficar cinco jogos sem vitória no Brasileirão, o Corinthians derrotou o Atlético-MG por 2 a 0, na tarde deste domingo, no Pacaembu, e acabou com o incômodo jejum. Além do bom resultado, os corintianos saíram felizes com a atuação convincente do time, algo que não vinha acontecendo recentemente.

A vitória levou o Corinthians a 28 pontos, nove a menos que o líder Palmeiras. “Até dá para voltar a falar em título. Se o time continuar jogando assim, podemos chegar”, disse o atacante Dentinho. O Atlético-MG, por sua vez, perdeu a chance de conquistar o título simbólico do primeiro turno do Brasileirão.

Parado nos 32 pontos, o Atlético-MG saiu neste domingo do G-4, o grupo dos quatro primeiros colocados do campeonato. Está agora em quinto lugar, após ser ultrapassado pelo São Paulo, que chegou aos 33 pontos ao vencer o Sport. Mas o time mineiro ainda tem um jogo a menos, contra o Internacional.

O Atlético-MG foi quem começou melhor o jogo. Logo aos três minutos, Tchô acertou belo lançamento para Eder Luís, que ficou sozinho na área, mas perdeu a dividida com o goleiro Felipe. No rebote, Diego Tardelli ainda tentou marcar, mas o volante Edu salvou o Corinthians, tirando a bola em cima da linha.

Depois do susto, o Corinthians melhorou e passou a dominar o jogo, mesmo perdendo Edu por contusão muscular – Moradei entrou em seu lugar. Assim, o primeiro gol corintiano saiu aos 26 minutos, quando Dentinho recebeu passe de Boquita e chutou a bola, que ainda desviou antes de entrar.

“Treinando com o Ronaldo, que viu a gente lá da arquibancada (em recuperação da fratura na mão esquerda, o atacante foi ao Pacaembu neste domingo), aprendi muita coisa, inclusive a finalizar com frieza quando fica de frente para o gol. Dedico este gol a ele”, disse Dentinho.

A boa atuação de Boquita no jogo foi premiada logo no começo do segundo tempo. Aos cinco minutos, Henrique roubou uma bola no meio-de-campo e rolou na entrada da área para Boquita, que acertou um lindo chute, no ângulo do goleiro atleticano, ampliando a vantagem corintiana no Pacaembu.

A vitória corintiana foi praticamente consolidada aos 13 minutos, quando o volante Renan foi expulso após dar um carrinho por trás em Elias. Assim, com um jogador a menos em campo, o Atlético-MG não teve forças para reagir. Melhor para o Corinthians, que voltou a vencer no Brasileirão.

FICHA TÉCNICA:

Corinthians 2 x 0 Atlético-MG

Corinthians – Felipe; Jucilei, Chicão, William (Jean) e Diego; Edu (Moradei), Elias e Boquita (Marcinho); Jorge Henrique, Henrique e Dentinho. Técnico: Mano Menezes.

Atlético-MG – Bruno (Édson); Werley, Alex Bruno e Thiago Cardoso; Marcos Rocha, Renan, Tchô (Marcos), Júnior (Rafael) e Thiago Feltri; Diego Tardelli e Eder Luís. Técnico: Celso Roth.

Gols – Dentinho, aos 26 minutos do primeiro tempo; Boquita, aos 5 minutos do segundo tempo.

Árbitro – Leandro Pedro Vuaden (RS).

Cartões amarelos – Diego, Tchô, Alex Bruno, Marcos Rocha e Diego Tardelli.

Cartão vermelho – Renan.

Renda – R$ 602.707,00.

Público – 20.947 pessoas.

Local – Estádio do Pacaembu, em São Paulo.