Andrés Sanchez e a diretoria do Corinthians estudam um bom reajuste no salário do goleiro Felipe, que tem contrato até 2011 e desperta interessa de outros clubes. Até de fora do País. Com o aumento do salário, a multa contratual para tirá-lo do Parque São Jorge também cresce.

Herói do empate contra o Goiás, ele se transformou em ídolo e principal jogador de um time que luta não por títulos, mas para fugir do rebaixamento. ?Isso é gratificante, porque quando um time está perdendo a última pessoa que a torcida vê é o goleiro. Não imaginava que passaria por isso em seis meses de clube?, afirmou.