O Corinthians está de volta à primeira posição do Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, a equipe venceu o Prudente por 3 a 0 no Pacaembu e assumiu provisoriamente a ponta da tabela. Com 44 pontos, o time alvinegro fica líder e joga a pressão para o Fluminense, que faz neste domingo o clássico com o Flamengo, no Engenhão.

A vitória tranquila foi construída como se esperava da equipe de Adílson Batista, considerando o contraste das campanhas dos times – o Prudente é o lanterna, com 17 pontos. Os corintianos dominaram desde o começo, com bastante toque de bola e apenas um erro: o excesso de criação de jogadas pelo meio da defesa adversária, que, mesmo no sufoco e sem muita organização, conseguia evitar o gol dos anfitriões.

Os muitos chutes a gol do Corinthians – o Prudente só finalizou uma vez – significaram gols apenas uma vez no primeiro tempo, e com a ajuda do adversário. Rodrigo Mancha errou um passe no meio de campo, que Elias pegou, carregou e lançou para Iarley. O atacante dominou a bola na entrada da área e chutou de pé esquerdo para fazer 1 a 0, aos 21 minutos. Foi o seu sétimo gol na competição.

CONVERSA – Os problemas enfrentados pelo Corinthians no primeiro tempo foram reforçados por Roberto Carlos na saída para o intervalo. “Estamos errando muitos passes, assim complica, temos de acertar isso”, disse. A conversa no vestiário deu resultado no segundo tempo, quando o time da casa passou a jogar mais pelas laterais e a criar boas jogadas, sempre chegando na área, mas ainda pecando nas finalizações.

Aos três minutos a bola novamente foi para o fundo do gol, com o Corinthians chegando aos 2 a 0. Na direita, já perto da linha de fundo, Bruno César fez um cruzamento longo e rasteiro para Jorge Henrique. O atacante vinha entrando na área e chutou firme para marcar.

O placar foi fechado com um golaço. Elias tabelou com Roberto Carlos, deu um drible curto e tocou para Paulinho na área. De costas, o volante devolveu para Elias chutar e fazer 3 a 0, aos 38 minutos.

O Prudente chegou a marcar um belo gol com Henrique Dias, aos 14 minutos do segundo tempo, em chute forte de fora da área, mas um companheiro no área, impedido, participou do lance – atrapalhou a visão do goleiro Júlio César, pois a bola passou por ele – e invalidou a jogada.

CAMPANHA – Líder por nove rodadas, os corintianos sempre estiveram entre os quatro primeiros do Brasileirão neste ano, após 22 jogos disputados (ainda têm uma partida a menos). Agora, o time também já é o que mais venceu (13 triunfos), o que mais gols marcou (39) e dono do melhor saldo de gols (17), números que só reforçam a ótima fase e justificam a ponta.

Esta foi a 11.ª vitória do Corinthians como mandante, tendo só uma derrota em casa. O próximo desafio, além de manter a liderança, será melhorar a campanha como visitante. O páreo é duro: clássico com o Santos, na Vila Belmiro, na próxima quarta-feira. Para este jogo, o time não terá o volante Paulinho, que tomou o terceiro cartão amarelo.

Já o Prudente, que segue há oito jogos sem vencer, com seis derrotas e dois empates, recebe o Palmeiras, também na quarta, pela 24.ª rodada.

Ficha técnica:

Corinthians 3 x 0 Prudente

Corinthians – Júlio César; Alessandro (Moacir), Paulo André, Leandro Castán e Roberto Carlos; Paulinho, Boquita, Elias e Bruno César (William Morais); Jorge Henrique e Iarley (Danilo). Técnico: Adílson Batista.

Prudente – Giovanni; Bruno Ribeiro, Anderson Luis, Diego e Cleidson; Rodrigo Mancha, Roberto, Carlos Eduardo e Fabiano Gadelha (Deyvid Sacconi) e Henrique Dias (Róbson); Hugo (William). Técnico: Marcelo Rospide.

Gols – Iarley, aos 21 minutos do primeiro tempo; Jorge Henrique, aos três, e Elias, aos 38 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos – Paulinho (Corinthians); Fabiano Gadelha (Prudente).

Árbitro – Salvio Spinola Fagundes Filho (Fifa-SP).

Renda – R$ 778.324,00.

Público – 23.815 pagantes.

Local – Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP).