O Corinthians busca a sua quarta vitória consecutiva no Campeonato Paulista, nesta quarta-feira, às 22 horas, contra o Ituano, para criar “gordura” e iniciar a Copa Libertadores com força total. Essa é a estratégia traçada por Tite. A estreia na competição continental será no próximo dia 15 contra o Deportivo Táchira, na Venezuela. Até essa data haverá quatro jogos pelo Estadual, contanto com o desta quarta, no estádio Novelli Júnior, em Itu.

A maioria dos titulares estará presente nesses jogos, exceto no último deles, contra o São Paulo. Como o clássico acontece a três dias do jogo contra o Táchira, a ideia é usar a maioria dos reservas por causa da longa viagem à Venezuela. A fórmula do Estadual favorece o Corinthians na hora de poder poupar atletas a partir da metade do fase de classificação.

Isso porque são oito os times que avançam às quartas de final – apenas os quatro primeiros tem vantagem de mando de campo na fase seguinte. No ano passado, o time que se classificou em oitavo lugar, a Portuguesa, conquistou 28 pontos na primeiro fase do Estadual.

O Corinthians, em 2011, avançou em terceiro, com 38 pontos. Mas praticamente disputou só o Paulistão porque foi eliminado na fase preliminar da Libertadores para o Deportes Tolima, da Colômbia. “Queremos classificar entre os quatro primeiros, essa é a meta”, disse Tite, que não quis projetar pontos para garantir vaga na próxima fase.

O que técnico não gosta de ouvir, da torcida e também da imprensa, é o termo poupar para justificar a ausência de alguns jogadores importantes. Exatamente o que irá acontecer nesta quarta com as saídas de Liedson e Emerson do time – Elton e Gilsinho formam a dupla de ataque.

Tite está contente com o desempenho da equipe nesses três primeiros jogos, em especial com que o time mostrou nas vitórias contra o Guaratinguetá e Linense. Ele disse que é complicado enfrentar adversários mais fracos não só porque eles estão há mais tempo se preparando. Mas porque jogam mais fechados e, segundo ele, o Corinthians joga melhor contra rivais que atacam mais.