O técnico Mano Menezes disse que está preocupado com o atacante Neymar, que deve ser titular do Santos no clássico de domingo, mas negou que vá armar o Corinthians com uma marcação individual sobre o garoto de 17 anos, tratado como a grande revelação santista dos últimos anos.

“Não dá para fazer marcação individual porque ele é um jogador de muita mobilidade. A marcação individual acaba desmontando o nosso time e muitas vezes não resolve, então eu prefiro controlar o adversário e também tomar a posse de bola”, afirmou o treinador corintiano nesta terça-feira, em entrevista coletiva.

Mano aproveitou a deixa para elogiar Neymar, mas pediu cuidado para evitar o excesso de expectativa. “Ele é um jogador com potencial para ser diferenciado, mas é bom ter cuidado, porque nós já vimos muitas promessas que começam bem e depois não rendem o esperado”, alertou.