O Corinthians tentou amenizar, nesta quarta-feira (24), a polêmica envolvendo a realização de exames antidoping após os jogos da Série B do Campeonato Brasileiro.

O clima com o Bragantino, adversário na 27ª rodada da competição ficou tenso depois de publicada a notícia de que o time da capital havia pedido a realização dos exames. Os jogadores e o técnico Marcelo Veiga criticaram a atitude dos corintianos.

Em nota divulgada em seu site, o clube paulistano afirma que o pedido do exame foi feito à CBF não apenas para o confronto com a equipe de Bragança Paulista, mas para todas as partidas da competição.

De acordo com o comunicado, a medida faz parte dos esforços da diretoria para ter o mesmo padrão existente na Série A, na Copa do Brasil e no Campeonato Paulista. O exame antidoping não consta do regulamento da Série B.