Um dos corintianos mais famosos do Brasil está torcendo para que o Palmeiras conquiste o Campeonato Paulista no domingo (4), contra a Ponte Preta. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva quer ver o maior rival de seu time de coração com a faixa de campeão. Tudo por causa de seu filho caçula, Luís Cláudio Lula da Silva, auxiliar-técnico de Vanderlei Luxemburgo no clube alviverde.

Aos 23 anos, Lulinha, como é também conhecido, chegou ao Palmeiras no começo do ano, após trabalhar no São Paulo. E se o pai já teve de torcer para o sucesso do filho no time tricolor, agora o sofrimento é maior. ?Ele torce, mas não vibra?, conta.

Quinta-feira (1), dia seguinte à derrota por 4 a 1 para o Sport, no Recife, que eliminou o Palmeiras da Copa do Brasil, Lulinha ligou para o pai. ?Falei que era fogo jogar na terra dele (o presidente nasceu em Garanhuns, sertão de Pernambuco). A torcida (do Sport) fez uma festa bonita, mas não conseguimos o resultado?, lamentou.

A conversa não serviu apenas para falar de Pernambuco. Luís Cláudio convidou o pai para assistir à final de domingo (4), no Palestra Itália. A resposta foi a imaginada: ?Não?. E não é apenas pelo fato de o presidente estar em uma viagem a trabalho. ?É difícil por causa da segurança!?, explicou Lulinha. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.