O Corinthians estreou na temporada com uma vitória por 4 a 1 sobre o Vasco, nesta quarta-feira, em Orlando, pela semifinal da Florida Cup. Ao final da partida, os jogadores não esconderam a surpresa com a boa atuação e o placar elástico. No primeiro tempo, os titulares atuaram e venceram por 2 a 1. Na segunda etapa, só os reservas jogaram e marcaram mais duas vezes.

“Fico feliz pelo resultado, ainda mais por ser um começo de preparação. Se caminha para ser um ano bom para gente e estamos trabalhando forte por isso”, disse o meia Rodriguinho, em entrevista à SporTV.

No primeiro tempo, os dois gols marcados saíram após boa troca de passes. Segundo os jogadores, foram frutos dos treinamentos feitos pelo técnico Fábio Carille. “Tem pouco tempo que a gente treinou, mas deu para ver que a gente pegou um pouco do entrosamento”, destacou o meia Camacho. Ele abriu o placar para a equipe paulista após boa tabela com Rodriguinho. “Podemos dizer que o gol foi 50% para cada um. O toque dele foi fulminante para ficar na cara do gol”, comentou.

Já Marlone, que fez o segundo gol, brincou com o fato de ter balançado as redes só aos 45 minutos. “É bom sempre vencer, mas tem que ter cuidado para não romper alguma coisa, já que estamos no início de temporada. Guardei o melhor para o final e estamos todos de parabéns. Trabalhamos muito essa semana esses toques curtos”, contou.

O turco Kazim, que fez o terceiro gol e deu passe para o quarto, admitiu que sentiu a falta de ritmo de jogo. “Fico feliz pelo bom começo de trabalho. Fui um pouco lento, porque não estou acostumado com o time, mas acho que fui bem”, analisou o atacante.

Com a vitória sobre o Vasco, o Corinthians vai para a decisão da Florida Cup e aguarda para encarar o vitorioso de São Paulo e River Plate, que se enfrentam nesta quinta-feira. O derrotado da partida vai encarar o Vasco.