Foto: Valquir Aureliano
Arquibancadas lotadas, essa é uma das armas do Coritiba para superar os alagoanos hoje à tarde.

O cenário é o ideal para um maior estreitamento entre o Coritiba e sua torcida. Se a galera alviverde já é a maior entre os rivais locais no Brasileiro, a partida contra o CRB tem tudo para aumentar essa vantagem e deixar os adversários com o ouvido doendo de tanta gritaria no Couto Pereira. Desde o início da semana, o clube vem promovendo a partida e, inclusive, divulgou um vídeo motivacional para estimular ainda mais a presença do torcedor no Alto da Glória. Além disso, a equipe entrará em campo de uniforme novo e a Império Alviverde terá bandeiras nas arquibancadas. O confronto contra os alagoanos está programado para as 16h.

De acordo com os números da CBF, o Coxa leva a campo, em média, 9.479 torcedores por jogo. A presença é melhor do que as de Atlético (8.184) e Paraná (7.689), mas tanto a diretoria quanto a torcida acham que é pouco e querem aumentar consideravelmente a força da arquibancada. Para tanto, um vídeo mostrando a integração torcida time foi distribuído através do site www.coritiba.com.br. Com imagens exclusivas, o clube mostra algumas cenas de bastidores e ângulos diferentes da partida contra o Fortaleza.

A idéia é chamar o torcedor para gritar pelo time também contra o Galo de Alagoas. Se o torcedor comprar a idéia e for ao Couto hoje, verá uma novidade na arquibancada. Numa reunião realizada ontem na Secretaria de Segurança Pública, a Império conseguiu a liberação das bandeiras durante os jogos. ?Há o compromisso com a torcida de que a bandeira será utilizada apenas para torcer pelo time. Caso aconteça alguma situação em que a bandeira seja utilizada como arma, a Secretaria de Segurança volta a proibir a entrada delas no estádio?, explicou Rogério Thomé, chefe de gabinete. Há cerca de sete anos pedindo a liberação das bandeiras, a Império comemorou a façanha.

?O espetáculo vai ficar mais bonito. Temos uma série de materiais, mas as bandeiras dão um toque especial?, vibra Luís Fernando Corrêa, o Papagaio, presidente da Império. Ele alerta, no entanto, que somente a organizada está autorizada a levar os mastros. ?O jogo é uma espécie de teste e ficou acordado que vamos entrar com dez bandeiras e todas elas terão um responsável, que darão nome e RG para a Polícia Militar?, avisa.

De acordo com Papagaio, o ambiente está favorável para a volta das bandeiras aos estádios. ?A PM entende que as bandeiras fazem parte do espetáculo e a realidade das torcidas é bem diferente de anos atrás?, analisa. A liberação aconteceu após pedido do conselheiro Pierpaolo Petruzziello.

René Simões estava angustiado com excesso de otimismo

Foto: Valquir Aureliano

Técnico alviverde só se tranqüilizou quando conversou com os jogadores e viu que eles entenderam o recado.

Uma angústia moveu o técnico René Simões durante a semana, na preparação do time para encarar o CRB. ?Alguma coisa estava me incomodando, liguei para casa para saber de todo mundo, tentar descobrir que agonia era essa e quando cheguei ao Couto descobri. Nós tivemos uma semana de trabalho tão forte, os jogadores estavam tão motivados, que a minha preocupação era essa, de que eles pudessem achar que o jogo já estava ganho?, revela o treinador.

Segundo René, o jogo se começa a ganhar nos treinamentos, mas tem que ter a bola rolando pra valer e mostrar em campo que é capaz de vencer. ?Podia passar uma confusão na cabeça deles de que o fato de você treinar bem seria uma garantia de ganhar o jogo e não é. Garantia é reproduzir no jogo aquilo que você fez no treino com muita seriedade. Depois que eu falei com eles, me tranqüilizei e eles até concordaram que estavam num excesso de otimismo, e eu não quero o meu time sem preocupação. O CRB é uma preocupação e isso é um fato positivo?, aponta.

Angústia resolvida, René praticamente definiu a equipe para encarar os alagoanos. A única novidade deverá ser a entrada de Diogo no lugar de Chumbinho. ?Deve ir o Diogo, mas vou conversar com a comissão técnica, então todo mundo fala e a responsabilidade é minha?, diz. Pelos treinamentos, deve ir Diogo mesmo, que estava disputando o lugar com Marlos. O restante da equipe é a mesma que venceu o Fortaleza por 1 a 0, sexta-feira passada, também no Alto da Glória. Depois do Galo de Alagoas, o Coxa viaja para encarar o Criciúma em Santa Catarina.

CAMPEONATO BRASILEIRO – SÉRIE B

10.ª Rodada

Coritiba x CRB

Coritiba

Edson Bastos; Ânderson Lima, Henrique, Leandro e Fabinho; Careca, Pedro Ken, Caíco e Diogo (Marlos); Henrique Dias e Gustavo.

Técnico: René Simões.

CRB

Veloso; Marcelinho, Márcio, Edson e Buiú; Rodrigo Santos, Ataliba, Sidney e Wanderson; Junior e César (Edmar ou Reinaldo).

Técnico: Alexandre Barroso.

Local: Couto Pereira (Curitiba)

Horário: 16 horas

Árbitro: Frederico Honorato Rodrigues Moreira (RJ)

Assistentes: Marcelo Braz Mariano (RJ) e José Orlando Hortêncio Gomes (RJ)

Ingressos: Arquibancada, R$ 20,00; cadeira da Mauá e setor visitante, R$ 30,00 e social superior, R$ 100,00.