Foto: Allan Costa Pinto
Carlinhos Paraíba reforça a meia-cancha alviverde: técnico cobrou mais bola
e empenho.

Não é final de campeonato, mas é decisão para o Coritiba. Um tropeço diante do Toledo e o Alviverde abandona o Campeonato Paranaense prematuramente, além de ampliar a crise técnica que recaiu sobre a equipe nos últimos jogos. Por isso, o Coxa tem que entrar em campo para ganhar porque se depender do resultado de J. Malucelli contra o Adap Galo pode ficar na mão. Para tanto, os jogadores foram cobrados para jogar com mais vibração. A novidade na equipe serão os retornos do meia Carlinhos Paraíba e do atacante Henrique Dias. O início do confronto está programado para as 15h45 no Couto Pereira.

Diante do já classificado Porco, o Coxa só depende de si. No entanto, nos últimos jogos não demonstrado o mesmo futebol do início da competição, com goleadas e partidas a fio sem tomar gol. Tudo mudou com a partida diante do próprio Toledo, no 14 de Dezembro. A equipe perdeu no último minuto e o pior é que o futebol apresentado estava bem longe do ideal. A mesma coisa aconteceu contra o J. Malucelli, o time melhorou contra o combalido Adap Galo, mas voltou a patinar diante do Azulão pela Copa do Brasil. Altos e baixos detectados pelo técnico Dorival Júnior como ?mesmice?.

Por isso, ele acenou com ?mudanças bruscas? na equipe, mas as mudanças ficaram mais no papo do que nas peças em campo. Numa verdadeira lavagem de roupa suja, o grupo e a comissão técnica ficaram mais de uma hora a portas fechadas na sexta-feira e acertaram entrar em campo com maior empenho. Se isso acontecer, o time tem boas chances de se classificar sem aperto já que no primeiro turno enfiou 6 a 0 nos reservas do TCW. Como o time do oeste vem de novo sem os titulares, a expectativa é essa. O problema é que o empenho já foi prometido em outros jogos e o resultado a torcida não quer nem lembrar.

Menos mal que Carlinhos Paraíba será o principal jogador na meiúca coxa. Recém-chegado do Santa Cruz, ele já garantiu um lugar na equipe e não jogou contra o Azulão porque já disputou a competição pelo time pernambucano. Nas demais posições, a única mudança é Henrique Dias no ataque.

Ele ficou no banco contra o São Caetano, mas ganhou a vaga de Rodrigo Mancha. Assim, o time fica um pouco mais ofensivo e com menos pegada na meiúca.

Classificado, Toledo vem com time reserva

Já classificado, o Toledo enfrenta o Coritiba com um time reserva, mas sem querer facilitar em nada as coisas para o Coritiba. A intenção do pessoal do Porco é fazer da partida uma revanche contra o Alviverde, que na primeira fase aplicou 6 a 0 sobre o time do oeste. No entanto, a equipe será parecida com aquela da primeira fase já que Aron, Fábio Rosa e Godoi estão machucados e Oliveira, Murilo, Cleiton e Almir serão poupados por causa do desgaste pelo excesso de jogos. De qualquer forma, o técnico Rogério Perrô garante que vai lutar pela vitória.

CAMPEONATO PARANAENSE

2.ª Fase – 6.ª Rodada

Coritiba x Toledo

Coritiba

Édson Bastos; Marcos Tamandaré, Jéci, Maurício e Rubens Cardoso; Douglas Silva, Pedro Ken, Marlos e Carlinhos Paraíba; Henrique Dias e Keirrison.

Técnico: Dorival Júnior

Toledo

Cléberson; Ciel, Ciro, Douglas e Bruno; Guaru, Rafinha, Júnior e Luciano; Diego e Alan Mineiro.

Técnico: Rogério Perrô

Local: Couto Pereira

Horário: 15h45

Árbitro: Sandro Schmidt

Assistentes: João Alves da Silva e Antônio Carlos dos Santos