Em uma partida na qual o Coritiba dominou a maior parte do

tempo de jogo, o empate por 1 a 1 contra o Atlético-PR, na Arena da Baixada, neste domingo, em Curitiba, foi suficiente para a equipe manter a liderança do Campeonato Paranaense, com 26 pontos, mas deixou um pequeno gosto amargo. O time da casa, que decepcionou em campo, permaneceu em segundo lugar, com 22 pontos.

O Coritiba jogava fora de casa, mas dominava todas as ações, com Marcos Aurélio, Renatinho e Bill envolvendo a defesa do Atlético e levando constante perigo ao gol rubro-negro. Apesar disso, o time não conseguia marcar e levou o castigo aos 36 minutos do primeiro tempo, na única jogada perigosa dos atleticanos. Netinho cobrou um escanteio na primeira trave e Manoel cabeceou para o gol de Edson Bastos.

Na segunda etapa, Antônio Lopes tentou dar criatividade ao seu time com a entrada de Paulo Baier, que voltava de contusão. O meia deu mais qualidade ao meio de campo, mas não evitou o gol de empate, marcado por Marcos Aurélio, aos 32 minutos finais.

Para o goleiro Edson Bastos, do Coritiba, o resultado não traduziu o que foi a partida. “Somente nós atacamos, buscamos a vitória e eles infelizmente marcaram um gol de bola parada”, disse.

Em outro confronto deste domingo, o Paraná foi a Prudentópolis e venceu o time do Serrano por 1 a 0 com

um gol de Everton, aos 12 minutos do primeiro tempo. A vitória deixou o Paraná na sétima colocação, com 17 pontos, e evitou uma crise que se desenhava, pois deixou o clube na zona de classificação.

Os outros resultados deste domingo foram os seguintes: Nacional 1 x 1 Iraty, Cianorte 2 x 0 Engenheiro Beltrão,

Cascavel 4 x 3 Paranavaí e Toledo 5 x 1 Rio Branco.