Foto: Valquir Aureliano

Henrique Dias foi poupado ontem, mas está confirmado.

Para manter o embalo, o técnico René Simões lança mão dos ?invisíveis? no confronto contra o Criciúma, líder da Segundona. Para o comandante alviverde, a boa fase da equipe na competição se deve muito àqueles que quase não aparecem, mas garantem o ambiente propício para o time jogar bem. ?Um grupo é feito por aqueles que aparecem muito e pelos invisíveis, que dão uma contribuição enorme?, diz. De acordo com o treinador, foi assim no sábado e terá que ser assim hoje, às 19h30, no Heriberto Hülse, para que o Coxa grude na cauda do Tigre, que está quatro pontos à frente.

?É o que eu falo sempre, dos ?invisíveis?. Todo mundo fala de motivação e esquece que temos uma psicóloga (Flávia Focaccia) trabalhando e muito bem. Todo mundo fala dos jogadores, mas dificilmente vê um deles com cãibra e não vê que temos uma nutricionista (Tânia Delezu) trabalhando muito bem?, elogia. De acordo com ele, até os jogadores que quase não atuam também contribuem para o bom momento do Coritiba. ?Os jogadores ?invisíveis? ficaram trabalhando e vou ter que lançar mão de ?invisíveis? porque dois levaram cartão?, aponta.

Mas, não é só isso. Por recomendação da psicóloga do time, a viagem de sete horas até Criciúma e o retorno será embalado por filmes ?educativos?. ?Dá para ver dois filmes na ida e dois filmes na volta. E não basta vê-los, é preciso discuti-los. Alguns irão mostrar superação e outros são sobre política?, avisa René. No cardápio do treinador estão Diamante de Sangue, com Leonardo Di Caprio, e O Senhor da Guerra, com Nicolas Cage. As duas fitas tratam de poderosos vendendo e financiando armas na África ou simplesmente saqueando riquezas.

?Precisamos nos situar no mundo em que estamos. Eu gosto que os jogadores não sejam alienados e saibam onde vivem. A questão do meio ambiente, é bom discutir também e é preciso que eles sejam jogadores completos e não apenas jogadores de bola?, destaca. De acordo com o treinador alviverde, jogador de futebol tem grande visibilidade e pode ir além do esporte.

Keirrison pode pintar no time

O atacante Gustavo é a única dúvida para a partida de hoje contra o Criciúma. Apesar de Henrique Dias ter sido poupado do trabalho de ontem por estar com dores musculares, tem presença garantida. No entanto, seu companheiro de ataque está sentindo a virilha e será melhor avaliado pelo departamento médico antes do confronto. Se ele não puder atuar, Keirrison será o substituto. No restante da equipe, as novidades serão as presenças de Ivo e Felipe, que entram no lugar de Ânderson Lima e Leandro, suspensos.

?É preocupante porque a carga é muito grande e o Gustavo não pára, é um guerreiro?, diz o treinador. De qualquer forma, ele foi com a delegação e tem chance de jogar. Ontem, Keirrison fez o papel de Gustavo na equipe e está de sobreaviso, assim como Ânderson Gomes pode entrar no lugar de Henrique Dias em caso de necessidade.

CAMPEONATO BRASILEIRO – SÉRIE B

11.ª Rodada

Criciúma x Coritiba

Criciúma

Zé Carlos; Sílvio Criciúma, Cláudio Luiz e Everaldo; Carlos, Elizeu, Luis André, Rudnei, Adriano e Hélton; Mauricio.

Técnico: Gelson da Silva.

Coritiba

Edson Bastos; Ivo, Henrique, Felipe e Fabinho; Careca, Pedro Ken, Caíco e Diogo; Henrique Dias e Gustavo (Keirrison).

Técnico: René Simões.

Local: Heriberto Hülse (Criciúma)

Horário: 19h30

Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RS)

Assistentes: José Javel Silveira (RS) e Luiz Roberto Porto Guaranha (RS)