O Coritiba não tomou conhecimento do Atlético-GO e, em casa, bateu o Dragão pelo placar de 3 a 0. Mesmo com um time misto, o Verdão se impôs em campo e construiu o resultado com uma relativa tranqüilidade. Pereira, aos 24 minutos do primeiro tempo, abriu os trabalhos. Marcel, aos 26, e Tcheco, aos 28, ambos no segundo tempo, fecharam o caixão dos goianos.

Tal qual o típico inverno curitibano, o jogo foi bem frio no Alto da Glória. Errando em demasia, as equipes iniciaram a partida com poucos lances de emoção, castigando os mais de sete mil torcedores que foram acompanhar a partida. Se no brilho individual estava difícil sair algo, o jeito foi jogar no erro do adversário. E foi isso que o Coxa fez. Aos 24 minutos, Tcheco levantou a bola na área. A zaga bateu cabeça e Marcel conseguiu tocar de cabeça para o zagueiro Pereira que, cheio de estilo, mandou um voleio e abriu o marcador.

Três minutos depois, o Coxa fez uma boa jogada. Chico e Jonas trocaram passes. O lateral saiu na cara do gol, mas chutou em cima de Márcio. Percebendo que os goianos pouco incomodavam, o time do Coxa relaxou e pouco produziu até o final do primeiro tempo

Segundo tempo

Diferente do que foi na primeira etapa, a segunda ganhou um pouco mais de emoção. O Atlético melhorou no jogo e passou a incomodar o goleiro Vanderlei, que sempre esteve seguro quando era exigido. Em dois lances, quase chegou a marcar. Primeiro com o goleiro Márcio, que cobrou uma falta perigosa. Em seguida, Wesley chutou forte e Vanderlei fez a defesa. O Coxa, por sua vez, também respondia com perigo. Lincoln quase chegou a marcar, mas bateu na rede pelo lado de fora.

Aos 22, o lance que iria definir o rumo do jogo. Em um contragolpe rápido, Rafael Silva passou para Marcel. A zaga chegou antes e fez o recuo de bola para Márcio, que vacilou e fez a defesa com as mãos. O árbitro marcou falta em dois lances na pequena área. Após as reclamações, Tcheco rolou para Marcel que encheu o pé e ampliou aos 26 minutos.

A torcida nem bem comemorava o segundo gol quando veio o terceiro. Rafinha puxou o ataque e encontrou Tcheco livre de marcação. O meia dominou e tocou por cima de Márcio, que nada pôde fazer.

Abatido, o Atlético ainda tentava algo, mas sem muita qualidade. No lance de maior perigo, aos 38, Fernando Bob saiu sozinho, na cara do gol. Vanderlei ficou no gol e fez uma grande defesa.

A vitória joga o Coxa para a 11.ª colocação. O Verdão volta suas atenções para a Copa do Brasil, na partida de volta, contra o São Paulo.

Veja na galeria de fotos o jogo do Coxa.