Coritiba e Paraná Clube foram absolvidos nesta segunda-feira (28) pela 1ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por conta das confusões ocorridas no clássico do dia 5 de outubro, na Vila Capanema. Os clubes corriam o risco de perderem mandos de campo nesta reta final de Série B do Campeonato Brasileiro.

+ Carneiro Neto é o convidado do podcast De Letra!

As confusões aconteceram entre os torcedores do Coxa, ainda no primeiro tempo do duelo. O Verdão foi denunciado com base no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) – Deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens em sua praça de desporto.

+ Confira a classificação completa da Série B!

Por ter sido o mandante, a situação do Tricolor era mais complicada, já que havia sido denunciado com base nos artigos 184 (Quando o agente mediante mais de uma ação ou omissão, pratica duas ou mais infrações, aplicam-se cumulativamente as penas), 191 (Deixar de cumprir deliberação, resolução, determinação ou requisição do Conselho Nacional de Esporte (CNE), ou de entidade de administração do desporto) e 213.