Foto: Alan Costa Pinto

Keirrison marcou um dos gols do Coxa, no empate em Paranavaí.

Ainda não foi dessa vez que o Coritiba conseguiu, matematicamente, a classificação para a próxima fase do Paranaense e uma vitória fora da capital. Alternando bons e maus momentos, o Alviverde ficou no empate por 2 a 2 diante do Paranavaí, ontem, no Waldemiro Wágner. Com o resultado, o Coxa desceu para a 6.ª colocação na tabela. O próximo compromisso e último nessa fase da competição do time do Alto da Glória será o Roma, às 16 horas de domingo, no Couto Pereira. O time de Apucarana precisa da vitória e briga para não cair.

Com a classificação quase garantida, o Coritiba viajou para o noroeste em busca de um lugar melhor ao sol do Estadual. Sem ter vencido ainda fora da capital, o Alviverde se mandou e saiu com tudo para cima do Paranavaí. Depois de um belo chute de Marlos, a oportunidade surgiu com Leandro, que aproveitou uma cobrança de escanteio primorosa de Ânderson Lima. O que parecia um jogo fácil ficou só na impressão.

Os comandados de Amauri Knevitz não se abateram e conseguiram o empate após um cruzamento de Tiago. O goleiro Artur e o zagueiro Henrique bateram cabeça e Édson só completou. A partir daí o Vermelhinho começou a mandar em campo. Principalmente pela mudança de esquema do Coxa, que passou a atuar no 3-5-2, com Mancha de líbero, e o meio-campo perdido na forte marcação. Édson, Márcio e Tiago quase fizeram enquanto Macuglia tentava acertar o posicionamento para o segundo tempo.

?Nós temos que ter uma retenção de bola no ataque?, pregou o treinador. Para ele, com Mancha atrás, Pedro Ken e Marlos teriam que ajudar mais na marcação. O puxão de orelha deu certo. Pelo menos, de início. Num novo ataque fulminante, Douglas Silva achou Keirrison livre. O atacante avançou e chutou com raiva no ângulo para exorcizar a contusão do ano passado, justamente contra o Paranavaí. Mas, aí, foi a vez da defesa repetir a lambança do 1.º tempo. Depois de um lateral vindo da direita, ninguém afastou e Tiago mandou, de cabeça, no canto, para deixar tudo igual.

O resultado, como era de se esperar, não satisfez Macuglia, que trocou Ânderson Gomes por Rafael Santiago e deu mais gás à equipe. Mesmo assim, não foi dessa vez que o Alviverde conseguiu vencer a primeira fora de Curitiba. Até porque Rafael Santiago não alcançou uma bola na cara do gol e ainda perdeu outra de cabeça, desperdiçando as melhores chances do segundo tempo.

CAMPEONATO PARANAENSE
1.ª Fase – 14.ª Rodada
Local: Waldemiro Wágner (Paranavaí)
Árbitro: Evandro Rogério Roman
Assistentes: Gílson Pereira e Pedro Amarildo Buchmann
Gol: Leandro aos 10 e Édson aos 14 do 1.º tempo; Keirrison aos 9 e Tiago aos 15 do 2.º tempo
Cartão amarelo: Roni, Henrique, Márcio, Ednílson, Tiago, Rafael Santiago
Renda: não divulgada
Público: não divulgado

Paranavaí 2 x 2 Coritiba

Paranavaí
Vanderlei; Rodrigo de Lazzari, Roni e Augusto; Adriano, Márcio, Tales (Rafael, 26 do 2.º), Tiago (Agnaldo, 43 do 2.º) e Gustavo; Édson (Léo Santos, 15 do 2.º) e Ednílson. Técnico: Amauri Knevitz

Coritiba
Artur; Henrique, Rodrigo Mancha e Leandro; Ânderson Lima, Juninho, Pedro Ken, Marlos (Juliano, 39 do 2.º) e Douglas Silva; Ânderson Gomes (Rafael Santiago, 18 do 2.º) e Keirrison. Técnico: Guilherme Macuglia