Foto: Valquir Aureliano
Túlio foi fundamental na grande vitória coxa-branca nesta noite de terça-feira.

O time ainda não pôde levantar a taça ? já que o Marília não conseguiu segurar o Ipatinga – mas a torcida e os jogadores não se contiveram e ao final da vitória por 2 a 0 contra a Portuguesa, na noite desta terça-feira (13), no Couto Pereira, soltaram o grito de É Campeão!

Com dois gols de Keirrison, em duas belas jogadas de Túlio, o melhor em campo, o Coritiba pulou para 66 pontos ganhos e agora precisa apenas de dois pontos nas duas partidas que lhe resta para erguer a taça de campeão brasileiro da Série B. Isso poderá ocorrer na próxima sexta-feira, já que o time volta a jogar diante da torcida, contra o Marília.

O jogo foi truncado e com muitas faltas, principalmente pelo lado do time paulista, que em apenas 18 minutos de jogo já havia cometido 17 faltas e recebido 3 cartões amarelos.

O time comandado por René Simões dominava a partida, mas não conseguia finalizar à meta de Tiago, que era mero espectador. Se por um lado o Coritiba não chutava, por outro a preocupação da Lusa do Canindé era se defender. Os jogadores alviverdes buscavam de várias maneiras penetrar na área adversária e não obtinham sucesso, aos 36 minutos Túlio decidiu fazer jogada individual e o resultado apareceu com a finalização de Keirrison, Tiago nada conseguiu fazer para evitar a abertura do placar. Ao levar o gol, A Portuguesa ? que precisava de apenas um empate para garantir vaga à Série A, tratou de se soltar e empatar ainda no primeiro tempo, mas de maneira desordenada, não conseguiu levar perigo ao gol de Edson Bastos.

Expulsão e dedicação

Quem esperava uma Portuguesa mais solta para a segunda etapa acabou se enganando, o time comandado por Vagner Benezzi seguiu na defensiva e pouco produziu no campo de ataque. O jogo seguia de maneira truncada, porém, o Coritiba que apanhou todo o primeiro tempo, também passou a cometer faltas, isso acabou gerando a expulsão de Ivo, logo aos 13 minutos. O jogador já tinha um cartão amarelo, cometeu falta em Diogo, recebendo o segundo amarelo e por conseqüência o vermelho. A partir daí foi a vez do Coritiba se fechar e esperar a Portuguesa, que se lançou ao ataque, mas sofreu com a boa marcação da defensiva alviverde e com a dedicação de todo o time.

Aos 22 minutos o Coritiba aproveitou um contra-ataque para ?matar? o jogo. Novamente Túlio fez jogada individual e soltou para Keirrison, que livre, tocou na saída do goleiro da Lusa. Com 2 a 0 no placar e sem sofrer uma pressão do time lusitano, as mais de 30 mil pessoas passaram a soltar o grito de  Campeão.

O técnico da Portuguesa ainda tentou de todas as formas mudar o panorama do jogo, mas a noite era mesmo verde e branca. O Coritiba ainda teve a chance de ampliar o placar. O atacante Gustavo perdeu gol incrível, após ótimo toque de Caíco.
O Coritiba volta a campo na sexta-feira à noite, onde enfrentará o Marília, também no Couto Pereira, e aí sim… pra levantar a taça de melhor time desta Série B.