Foto: Fábio Alexandre

Marcação cerrada do Iraty em cima de Marlos. Ânderson, Russo e Ceará cercam o jogador, mas sem impedir a vitória do Coritiba.

Depois de um primeiro tempo complicado, o Coritiba conseguiu se acertar na segunda etapa e venceu o Iraty por 2 a 0, ontem, no Couto Pereira.

Tudo isso com direito a reestréia e defesa de penalidade do goleiro e ídolo alviverde Artur. Com o resultado, o Alviverde chegou à quarta vitória seguida (contando com a Copa do Brasil), subiu para a quinta colocação no Campeonato Paranaense e ficou bem próximo da classificação. O próximo compromisso do Coxa na competição será o Paranavaí, quarta-feira, no Estádio Waldemiro Wagner.

Em busca da classificação antecipada e da correção dos erros cometidos nos últimos jogos, o Coritiba entrou em campo para encarar o sempre complicado Iraty. E, como não poderia ser diferente, o Azulão complicou mesmo as coisas para a equipe de Guilherme Macuglia. Ou seria a repetição dos mesmos erros? Pelo sim, pelo não, o Alviverde procurou o jogo e até conseguiu se impor em cima da equipe de Gilberto Pereira. No entanto, o Iraty conseguiu se segurar e foi explorando os erros de passe de Geraldo na meia, as tentativas de Leandro de driblar na defesa e a falta de marcação de Juninho, perdido como primeiro volante.

Mesmo assim, Eanes teve duas grandes chances de abrir o marcador e as duas ficaram no paredão imposto pelo goleirão Jéferson Gomes. Isso, no entanto, não impediu a torcida de pedir ?raça, raça? e vaiar a equipe no intervalo. ?A torcida tem toda razão em cobrar porque sabe que eu posso render mais?, reconheceu o atacante Edmílson, apagado em campo. Como ele ainda não consegue aguentar 90 minutos, Macuglia aproveitou para lançar mão de Keirrison e Mancha (esse no lugar de Geraldo) na segunda etapa. A mudança deixou a equipe com melhor marcação na meia e com mais força no ataque.

E, com o time mais jovem e mais ágil e com menos erros, não demorou muito para o gol sair. Após boa jogada de Keirrison, Douglas aproveitou a sobra e fuzilou, sem chance para o arqueiro do Azulão. Perdendo, o Iraty tentou uma reação, mas sem muita força e deixou os espaços necessários para o Coxa crescer ainda mais e procurar o segundo gol. A primeira chance veio dos pés de Keirrison, que entrou livre e chutou para a defesa de Jéferson Gomes. Mas, quando Túlio achou Eanes livre na área, não teve jeito. Um cabeceio certeiro.

Para completar a tarde, o goleiro Artur, de volta à camisa 1 alviverde, voltou com tudo. Depois de uma bela defesa, após uma bicicleta de Leandro, ainda pegou um pênalti do mesmo centroavante do Azulão.

CAMPEONATO PARANAENSE

1.ª Fase – 13.ª Rodada

Coritiba 2 x 0 Iraty

Coritiba

Artur; Ânderson Lima, Henrique, Leandro e Douglas; Juninho, Geraldo (Rodrigo Mancha, 1 do 2.º), Pedro Ken e Marlos (Túlio, 21 do 2.º); Eanes e Edmílson (Keirrison, 1 do 2.º).

Técnico: Guilherme Macuglia

Iraty

Jéferson Gomes; Reinaldo (Vicente, 19 do 2.º), Jardel, Borges e Assis (Bruno, 13 do 2.º); Russo, Ânderson, Ceará (Aírton, 1 do 2.º) e Ricardinho; Élton e Leandro.

Técnico: Gilberto Pereira

Local: Couto Pereira

Árbitro: Héber Roberto Lopes

Assistentes: Roberto Braatz e João Batista de Moraes

Gol: Douglas aos 3 do 2.º e Eanes aos 32 do 2.º tempo

Cartão amarelo: Borges, Geraldo, Ceará, Henrique, Ânderson Lima, Assis, Rodrigo Mancha, Eanes, Ânderson, Keirrison

Renda: R$ 61.105.00

Público pagante: 5.374

Público total: 6.181