Pode comemorar torcedor coxa-branca. Após 32 anos de espera, a torcida do Coritiba pode ver o Verdão ser campeão em cima do Atlético jogando em sua casa, no Couto Pereira. Este foi o 34.º título estadual do Alviverde.

Em um Atletiba eletrizante, o Coritiba venceu o Atlético por 2 a 0 na tarde de hoje, no Couto. Com o resultado, Verdão chegou a 20 pontos e levantou a taça de campeão Estadual com uma rodada de antecedência. Coxa fecha sua participação no Paranaense no domingo contra o Cascavel. Atlético pega o Iraty, na Arena.

O jogo

O primeiro tempo foi eletrizante. O técnico Leandro Niehues supreendeu ao escalar Valencia como ala direito e começar a partida com Alex Mineiro. O Coxa demorou a acertar a marcação e deu espaço para o Atlético, que criou algumas chances.

Aos 9 minutos, Paulo Baier cobrou escanteio fechado e a bola bateu no travessão. Na sequência mais Furacão, aos 18. Tartá fez grande jogada e rolou para bomba de Alex Mineiro, mas Edson Bastos pegou.

No minuto seguinte um lance incrível. Chico recebeu livre quase dentro da pequena área e bateu por cima do gol. Aos 27, uma jogada de craque. Marcos Paulo deu chapéu em Vanegas e bateu cruzado: a bola raspou a trave de Neto, que ficou olhando e torcendo.

Verdão cresceu no jogo e por pouco não marcou aos 32. Marcos Paulo achou Rafinha entrando livre, o camisa 7 chegou na cara do gol e bateu para fora. Quase no fim da etapa inicial, Valencia cruzou para o voleio de Baier, mas Bastos fez defesa de cinema.

No retorno para segunda etapa, as duas equipes voltaram iguais ao primeiro tempo. Logo aos 5 minutos o Verdão abriu o placar. Rafinha achou Marcos Aurelio livre dentro da área e o baixinho tocou sem chances para Neto.

No minuto seguinte, Chico cruzou para o chute a queima roupa de Tartá, mas Bastos defendeu espetacularmente. Na sequência, Marcos Aurelio tocou para bomba de Ariel e Neto fez um milagre.

Niehues sacou Azevedo e Vanegas e colocou Bruno Costa e Marcelo. Atlético foi pra cima e deu o contra-ataque para o Coritiba. Aos 29, grande jogada de Geraldo, que fintou Manoel, entrou na área e tocou na saída de Neto: 2 a 0 e a torcida gritou é campeão. Com o gol, Verdão passou a tocar mais a bola até o apito final do árbitro. Final: Coritiba, campeão Paranaense, 2, Atlético 0.