Depois de estampar marcas esporádicas e até os shows de comemoração do centenário com Claudia Leitte e Skank, o Coritiba está prestes a anunciar um novo patrocinador do uniforme, que promete ao clube mais dinheiro do que o contrato anterior.

Por enquanto, o presidente Jair Cirino dos Santos não confirma qual empresa será a parceira do Alviverde no restante da temporada, mas garante que está muito próximo da assinatura do contrato. No entanto, o Paraná Online apurou que o Coxa deverá colocar na camisa a logomarca do Banco BMG, que vem investindo bastante em vários esportes.

Na segunda-feira, o mandatário maior do Coritiba foi a Belo Horizonte para tratar diretamente sobre esse assunto. “Está praticamente certo, mas não posso adiantar nada. Essa é uma possibilidade real e imediata”, afirmou Cirino. Ele não quis comentar se o patrocinador é mesmo um banco e mais especificamente o BMG.

“São tratativas que têm um caráter de confidencialidade”, apontou o presidente alviverde. Ele também não quis entrar em detalhes sobre valores. “O importante é que o Coritiba vai ter um patrocínio à altura de sua grandeza”, finalizou.

E essa grandeza deverá dar um novo fôlego ao caixa coxa. A expectativa é que a BMG pague mais do que a Positivo Informática pagava anteriormente ao clube. O contrato com a empresa paranaense terminou em abril e não foi renovado.

Agora, o clube tem tudo para formalizar a parceria com o Banco de Minas Gerais. A instituição financeira patrocina o Ipatinga, e também confirmou apoio ao time feminino do Sport e negocia com o Atlético/GO. Além de ajudar times da Série C, como o América/MG e o Mixto/MT.