Já são 1029 dias sem ter o prazer de fazer um gol. O atacante Pablo, apesar dessa marca negativa que vem carregando na sua carreira, é uma das apostas do Coritiba para o duelo contra o Boa Esporte, nesta terça-feira (4), às 19h15, no Couto Pereira. O técnico Tcheco tem dado confiança ao camisa 92, que garante que está próximo de fazer seu primeiro gol pelo Coxa e acabar com esse jejum.

“O Tcheco tem dado muita moral, muita confiança e tranquilidade. Vejo agora que realmente é momento (para sair o gol). É uma motivação a mais quando a pessoa te elogia, te coloca para cima e o gol vai sair naturalmente”, apontou ele.

O treinador, recentemente, revelou que Pablo foi um dos jogadores que chamou a responsabilidade e pediu para jogar depois da derrota sofrida para o Oeste, no Couto Pereira. O atleta ganhou uma chance na vitória por 1×0 sobre o Brasil de Pelotas, agradou e será mantido.

“Já falei na frente de todos que o Pablo vai fazer gol aqui, sim. É questão de tempo e de dar confiança para ele. Para mim, ele é o jogador mais tático que temos no nosso time. Nos treinamentos, mesmo quando ele não estava jogando, ele sempre se dedicou, a oportunidade surgiu em uma hora complicada e ele deu contato do recado. Sei que tem a desconfiança do torcedor por não fazer gols, mas é questão de tempo. É um jogador que tem uma individualidade muito boa, mas que por conta disso criou-se um rótulo pesado para ele”, cravou Tcheco.

Confira a classificação da Série B

Apesar desses números negativos, já que seu último gol foi em novembro de 2015, quando defendia o América-MG, Pablo tem mostrado personalidade para lidar com as críticas e seguir buscando seu espaço no Coritiba. O jogador confia que o gol vai sair no momento certo e pode ser diante do Boa Esporte, já que mais uma vez será titular.

“Um jogador se não tiver personalidade fica difícil de você conquistar seus objetivos. Sou um cara que não me abalo tão fácil. Tenho minhas convicções e se você não colocar algo, não tiver objetivo, tudo o que vier vai te abater e te afetar. Claro que incomoda esse tempo todo sem fazer gol, mais para mim do que para muito. Mas tenho muita tranquilidade e o gol vai sair no momento certo. O objetivo em si é o Coritiba, que é a gente estar na Série A e o gol sairá naturalmente”, concluiu ele.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!