Em situação delicada na Série B do Campeonato Brasileiro e com o acesso à primeira divisão pouco provável a dez rodadas do fim do torneio, a diretoria do Coritiba se reuniu com membros do Conselho Deliberativo e ex-dirigentes. Em pauta, a união de ideias e troca de experiências para que o time coxa-branca, quem sabe, ainda consiga o retorno à elite neste ano, mas também já projetando as dificuldades da próxima temporada caso o clube permaneça na segunda divisão.

+ Leia mais: Permanência na Série B terá impacto pesado nas contas do Coxa

Entre os ex-presidentes que participaram da reunião estava Vílson Ribeiro de Andrade. O ex-mandatário alviverde, que foi o último presidente a conseguir grandes resultados a frente do clube, contou em entrevista à Tribuna do Paraná que a situação atual do Coritiba é preocupante, especialmente se permanecer na Série B para o ano que vem. Para ele, é o momento de deixar diferenças políticas de lado em prol do clube.

“A gente, todos os ex-presidentes e grandes coxas, e a toda a torcida estão muito preocupados com o destino do clube. Evidentemente que todos os esforços estão sendo feitos pela diretoria, comissão técnica e jogadores para que o clube suba, mas se não subir, no ano que vem, vai ser muito difícil”, contou Andrade, que pregou união neste momento.

+ Mudança: Promessa dos jogadores do Coritiba é de nova atitude na reta final da Segundona

“Então, o objetivo é a gente tentar unir o clube para o primeiro passo e objetivo que queremos, que é ter o clube na primeira divisão. Os problemas são políticos, as diferenças não são pessoais e sim políticas e devem ser reavaliadas e com a ajuda de todos”, reforçou o ex-presidente alviverde.

Sempre que reaparece no cenário do Coritiba, Vílson Ribeiro de Andrade é aclamado pelo torcedor pedindo seu retorno à diretoria alviverde. Para ele, apesar de ter perdido as eleições em dezembro de 2014, é o reconhecimento da torcida do Coxa pelo trabalho que foi realizado nos anos em que esteve a frente do clube.

+ Tchau: Carlos César não deve mais jogar pelo Coritiba

Vílson e Cleverson Marinho Teixeira com Samir Namur e outros integrantes da diretoria. Foto: Divulgação/Coritiba FC
Vílson e Cleverson Marinho Teixeira com Samir Namur e outros integrantes da diretoria. Foto: Divulgação/Coritiba FC

“Acho que é o reconhecimento dos cinco anos que fiquei no clube. Depois da época do Evangelino (da Costa Neves), foi um período de muitas glórias. Foram quatro paranaense, recorde de vitórias seguidas, dois vices da Copa do Brasil, construção do Setor Pro Tork, aumento do valor do patrimônio do clube, além do Profut, onde conseguimos que mais de 50% das dívidas do clube fossem alongadas por 20 anos. Viabilizamos o clube e videntemente a torcida olha isso e se sentia feliz”, lembrou.

Vilson Ribeiro de Andrade lamentou ter saído do clube e frisou que ex-diretoria, comandada por Rogério Portugal Bacellar, não teve um trabalho feliz a frente do Coritiba. “Foi a opção dos sócios ir para um novo projeto e este, lamentavelmente, não foi feliz. Mas o clube está aí, existe, tem um patrimônio imenso que é a sua torcida e tenho certeza que a torcida vai levar o clube no grito e confio que ainda a gente possa subir”, concluiu.

+ Confira: Veja a classificação e a tabela da Série B!

O encontro vem depois de meses de críticas da atual gestão aos ex-presidentes. Desde a campanha eleitoral, no final do ano passado, Samir Namur afirmou que os antigos dirigentes deixaram o clube em situação complicada. E em várias oportunidades neste ano, nas suas manifestações para os sócios, o cartola disse que a retração nos investimentos em futebol eram relacionadas com o passivo de dívidas deixado pelas gestões passadas. “Não à toa as duas últimas gestões tiveram contas reprovadas pelo Conselho Deliberativo”, afirmou em julho.

Oficial

No site oficial, o clube destacou que o encontro, que também contou com o ex-presidente do Conselho Deliberativo Cleverson Marinho Teixeira, “teve como objetivo a troca de experiências sobre diferentes momentos do Coritiba em campo e a necessidade de união e apoio de todos na luta pelo acesso à Série A”.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!