Umberto Louzer foi apresentado no Coritiba na tarde desta segunda-feira (25) e o seu “padrinho” foi confirmado. Antes das primeiras declarações do treinador, o presidente Samir Namur confirmou que deu autonomia para o executivo Rodrigo Pastana procurar um técnico após a demissão de Argel Fucks, e a escolha recaiu no ex-profissional de Guarani e Vila Nova. Louzer garantiu que, mesmo ainda com pouca experiência, está preparado para a pressão que o clube vive.

Técnico Umberto Louzer é apresentado no Coxa pelo presidente Samir Namur e o diretor de futebol Rodrigo Pastana
Umberto Louzer ao lado do presidente Samir Namur e o diretor de futebol Rodrigo Pastana

+ Completa: Veja a íntegra da entrevista de Umberto Louzer

Namur disse que o processo de contratação do treinador seguiu a norma de ‘profissionalização’ do clube. “Desde o início da nossa gestão mostramos a importância da profissionalização do futebol e valorização da figura do diretor de futebol”, afirmou o presidente. “Ainda que a decisão sobre o Umberto tenha sido amplamente debatida, foi dada total autonomia para o Rodrigo Pastana. Foi uma decisão muito dele e entendemos que deveríamos acatar”, completou o cartola.

+ Recomeço: Jogadores do Coxa falam em recuperação imediata

Pastana disse que Umberto Louzer “não é uma aposta”. “É uma certeza de que o trabalho irá evoluir e chegarmos a melhores resultados”, comentou o executivo de futebol. O treinador admitiu que o momento do Coritiba é bastante complicado. “Quando eu recebi o convite para estar à frente do Coritiba, a gente contextualiza todo esse cenário difícil, estou preparado para qualquer situação”, afirmou.

+ Confira: Na tabela do Paranaense, veja o caminho do Coritiba na Taça Dirceu Krüger

Para o novo técnico, o tempo até a estreia – duas semanas até o início da Taça Dirceu Krüger – será fundamental. “Temos um período bom para ser trabalhado para que a gente consiga chegar a uma final do segundo turno, mas projetando um campeonato ainda maior, que é a Série B”, disse Umberto Louzer, que garante um Coxa diferente. “Vamos propor o jogo. Não vou abrir mão de um jogo ofensivo”, resumiu.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!