O Coritiba encerrou sua participação na Série B na noite desta sexta-feira (23) com uma vitória por 1×0 em cima do Fortaleza, campeão da competição. Na partida, devido aos desfalques, o técnico Argel Fucks teve que mudar meio time, gostou do que viu e valorizou a vitória, mesmo que o adversário tenha vindo a Curitiba sem o time titular que se sagrou campeão da Segundona.

+ Leia mais: Coritiba vence Fortaleza na despedida da temporada

“O jogo foi uma boa partida, com vitória consistente, tivemos mais volume de jogo e criamos mais oportunidades. Poderíamos ter saído na frente já no primeiro tempo”, afirmou o treinador na coletiva de imprensa concedida após o jogo.

Coritiba x Fortaleza. Foto: Marcelo Andrade
Pablo mandou ver na ala direita e treinador quer que ele mude de posição. Foto: Marcelo Andrade

Na escalação, o treinador deu passagem a garotos como Matheus Bueno e Kady, já como estratégia de observação dos atletas para a temporada de 2019. “Aproveitamos os garotos, demos oportunidades e eles renderam. O Pablo Thomaz também entrou muito bem no segundo tempo”, reforçou Fucks, referindo-se ao destaque do Alviverde no Campeonato Brasileiro Sub-20.

+ Também na Tribuna: Coxa pode trazer sonho antigo de Pastana

No entanto, o que mais chamou a atenção na escalação do time que bateu o Fortaleza foi a entrada do atacante Pablo jogando na lateral-direita, já que o titular Leandro Silva estava no departamento médico. O treinador revelou que já vinha fazendo esta experimentação nos treinos e foi enfático.

+ Saiba mais: Indefinição sobre saída de Namur pode interferir futebol do Coritiba

“Ele já vinha treinando, por isso entrou naquela volúpia. A gente vinha preparando Pablo pra uma ausência de Leandro. Até falei pra ele que deveria deixar de ser atacante, pois tem características de lateral-direito, como velocidade. Vai ter um futuro melhor nesta posição, que é carente no futebol brasileiro”.

Pablo chegou no Coritiba pra resolver o problema na linha de frente do Verdão, mas não teve o sucesso esperado. Nesta Série B, chegou à marca negativa de três anos sem balançar as redes. Na nova posição, de fato, o atleta mostrou boa movimentação e pode ser uma opção pro setor na próxima temporada.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!