Em meio a atletas promovidos das categorias de base e que estavam retornando de empréstimo no início do ano, nem mesmo os mais otimistas dos torcedores do Coritiba imaginavam que o atacante Guilherme Parede, em pouco tempo, iria se tornar peça importante do time durante a temporada de 2018. Aos 22 anos, o camisa 77 tem sido decisivo na luta do Verdão para conseguir o acesso à primeira divisão na disputa da Série B. Com gols importantes, o centroavante chegou ao décimo anotado neste ano na vitória por 1×0 sobre o Brasil de Pelotas, na último segunda-feira, no Rio Grande do Sul.

Confira a classificação da Série B

Guilherme Parede, diante do Brasil de Pelotas, chegou ao seu 50º jogo com a camisa do Coritiba. De criticado pelo torcedor em outros momentos, o camisa 77 ganhou o respeito das arquibancadas e celebrou o bom momento que vive com o manto alviverde.

“Estou dando a volta por cima, construindo a minha história dentro do clube e a torcida tem visto todo o meu empenho. Tenho lutado, guerreado e principalmente dado o sangue pelo Coritiba. Trabalhando duro diariamente sei que as coisas acontecerão da melhor maneira possível e poderemos trazer mais felicidade à torcida”, cravou Parede, em entrevista exclusiva à Tribuna.

Mesmo sendo um dos artilheiros da Série B com sete gols marcados até agora e de ser um dos destaques do Coritiba nesta temporada, o atacante Guilherme Parede quer mais. Além de ajudar o Verdão a retornar à primeira divisão, o jogador quer marcar seu nome na história.

“É um desejo que venho conseguindo com muito trabalho, esforço, dedicação, cabeça boa, com a ajuda da minha esposa e dos meus familiares. Mas ainda tenho muito o que aprender e trabalhar para conquistar todos os meus objetivos e sonhos. Um deles é me tornar ídolo do Coritiba, ser o artilheiro do time e da série B em 2018 e conquistar o acesso para a série A”, reforçou.

Prata da casa

Parede chegou no Coxa quando tinha 17 anos. Alternou momentos bons e ruins, mas nunca conseguiu se firmar no time profissional. Foi, então, emprestado ao J. Malucelli e ao Ypiranga-RS, no ano passado, antes de voltar ao clube neste ano. Ganhou seu espaço aos poucos, fez gols importantes ainda no Campeonato Paranaense e ganhou definitivamente seu espaço na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

O jogador está vivendo o melhor momento na sua carreira, mas quer fechar o ano com chave de ouro com a conquista do acesso à primeira divisão. “Avalio como um bom momento da minha carreira, fazendo gols e dando o meu melhor”. Não à toa, Guilherme Parede foi um dos jogadores que mais atuou pelo Coritiba em 2018. O camisa 77 já fez 35 partidas, sendo 28 como titular. Mesmo com o setor ofensivo do Verdão sendo bastante contestado durante toda a temporada, o centroavante conseguiu sustentar sua vaga na equipe.

Com sete gols no Brasileirão, ele é o quinto maior goleador da Série B. Está atrás apenas de Lucão, do Goiás, e Gustavo, do Fortaleza, ambos com dez gols, Júnior Brandão, com nove e Rafael Longuine, com oito. Em meio à meta pessoal de ser artilheiro da segunda divisão, o centroavante alviverde quer recolocar o Coritiba de novo na primeira divisão. Para ele, a vitória sobre o Brasil de Pelotas e a permanência do técnico Tcheco foram passos importantes para o Coxa conseguir voltar à elite do futebol nacional.

“Foi uma vitória importante que a gente precisava. Temos que continuar com essa pegada para subir cada vez mais na tabela, jogo a jogo, passo a passo. O caminho é um só: ganhar os jogos. Temos que guerrear dentro de campo e saber que somos um time grande e merecemos estar na elite no ano que vem”, concluiu Guilherme Parede.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!