Sem tempo para lamentar o empate cedido ao Cuiabá e com apenas um treinamento tático para fazer, o Coritiba se prepara para voltar a vencer na Série B do Campeonato Brasileiro no duelo contra o Botafogo-SP, nesta sexta-feira (1), às 19h15, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto. Para este compromisso, o técnico Jorginho perdeu o meia-atacante Rafinha, com uma lesão na panturrilha.

A situação do camisa 7, aliás, é preocupante. Rafinha retornou de Cuiabá direto para Curitiba para passar por exames mais detalhados para saber a gravidade da lesão. A tendência é de que o jogador não fique à disposição do duelo de segunda-feira (4), diante do Sport, no Couto Pereira.

+ Chica, uma das grandes personagens do futebol paranaense, tem nova batalha na vida

Por outro lado, o comandante alviverde ganhou um reforço importante. O volante Matheus Sales, depois de cumprir suspensão na rodada passada, na última terça-feira (29), está novamente à disposição e já se juntou à delegação em Ribeirão Preto. O atleta deve retornar ao time titular ao natural.

Assim, a principal dúvida do treinador está no ataque. Se optar por uma formação mais defensiva, Jorginho pode manter o volante Serginho, que fez um bom jogo diante do Cuiabá, para formar o setor de contenção ao lado de Matheus Sales.

+ E se…? A realidade alternativa do futebol paranaense no podcast De Letra!

Desta forma, os meias Juan Alano e Giovanni teriam uma liberdade maior para atacar. No entanto, existem também outras opções, caso o técnico queira manter as características da equipe. Neste caso, os atacantes Kelvin e o meia Thiago Lopes passam a disputar a posição no time. O último treinamento do Coxa acontece nesta quinta-feira (31), em Ribeirão Preto.

+ Confira a classificação completa da Série B!

Assim, com pelo menos uma dúvida, o Coritiba deve enfrentar o Botafogo-SP assim: Alex Muralha; Diogo Mateus, Romércio, Sabino e William Matheus; Matheus Sales, Juan Alano e Giovanni; Kelvin (Serginho ou Thiago Lopes), Robson e Rodrigão.

+ Mais do Coxa:

+ Apesar de estar no G4, desempenho do Coritiba preocupa Jorginho