Ainda juntando os cacos da derrota sofrida em casa por 2×0 para o Oeste, na última sexta-feira (24), em pleno Estádio Couto Pereira, o Coritiba vai tentar nesta segunda-feira, às 20h, diante do Brasil de Pelotas, no Estádio Bento Freitas, no Rio Grande do Sul, a recuperação na Série B do Campeonato Brasileiro.

O time coxa-branca, que amarga um jejum de seis partidas sem vitórias na segundona, vai buscar ainda se afastar um pouco da área de risco da competição nacional e, de quebra, ficar mais próximo novamente do G4 do torneio.

O Coritiba, na verdade, está passando por um processo de reestruturação no seu departamento de futebol. A escolha por efetivar Tcheco no comando da equipe foi a solução encontrada para tentar dar um novo rumo para o Verdão. A mudança, no entanto, não deu o resultado esperado e um novo tropeço diante do Brasil de Pelotas pode fazer a diretoria do Coxa buscar outro treinador para a sequência da Série B.

Tcheco, na verdade, sabia do risco quando assumiu o time coxa-branca. O agora treinador alviverde, no entanto, deixou claro que os primeiros quatro jogos iriam dar o norte para a continuidade ou não no comando do Coritiba. Depois de três jogos, o Verdão somou apenas um ponto e, assim, o comandante alviverde sabe do risco de a diretoria optar por trazer um novo nome para comandar o clube na continuidade da Série B.

LEIA TAMBÉM NA TRIBUNA: Pescador é encontrado morto na Baía de Antonina

“Quando assumi na saída do Eduardo Baptista, foi explícita da minha parte que iria esperar uns quatro jogos para ver como iria acontecer. Os resultados não vieram da maneira como a gente esperava. Se assim entender a diretoria, que deve trazer um novo treinador, a decisão será acatada. Se a opção for pela manutenção, eu sou funcionário e não vou fugir da raia. Temos que tentar organizar a casa, trazer um gerente de futebol. A situação é complicada em vários aspectos”, apontou Tcheco.

Com o complemento da rodada no sábado, o Coritiba viu a distância para o G4 aumentar para sete pontos, mas a diferença para a zona de rebaixamento ainda é de cinco ponto. Para Tcheco, ainda é cedo para o time coxa-branca pensar em lutar contra a degola e confia em uma reação diante do Brasil de Pelotas para recolocar o Verdão de novo na briga pelo acesso à primeira divisão.

“Eu acho que ainda é um pouco cedo. O que me preocupa é a forma como a gente vem jogando para buscar a vitória. Uma reação no jogo contra o Brasil, já podemos prosperar novamente o G4. A cada partida que está passando e o resultado não vem, temos que ser humildes e reconhecer que a situação está cada vez mais difícil”, reforçou Tcheco.

Confira a tabela e a classificação da Série B!

Para este compromisso no interior do Rio Grande do Sul, o técnico Tcheco terá duas baixas. O lateral-direito Rodrigo Ramos está suspenso e o meia Carlos Eduardo, com uma lesão na coxa, foi vetado pelo departamento médico. O volante Vinicius Kiss deverá atuar improvisado na ala direita do Coritiba, enquanto na criação os meias Yan Sasse e Jean Carlos disputam a posição. Há ainda a possibilidade de os dois armadores atuarem. Se isso acontecer, o atacante Bruno Moraes pode deixar a equipe fazendo com que a equipe coxa-branca atue com apenas dois atacantes.

Por outro lado, Tcheco terá o retorno do zagueiro Thalisson Kelven. O camisa 3 cumpriu suspensão diante do Oeste e deve retomar seu lugar de titular no lugar de Alex Alves. As outras novidades vão aparecer no banco de reservas. Os atacantes Alecsandro e Iago Dias foram relacionados e são opções para o decorrer da partida diante do Brasil de Pelotas.

SÉRIE B
2º Turno ­ 24ª Rodada

Brasil-RS x Coritiba

Brasil-RS
Marcelo Pitol; Rafael Vitor, Nirley e Heverton; Tiago Cametá, Zé Augusto, Gilson, Pereira e Alex Ruan; Lourency e Léo Bahia (Welinton Júnior).
Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Coritiba
Wilson; Vinicius Kiss, Thalisson Kelven, Rafael Lima e William Matheus; Uillian Correia, Simião (Vitor Carvalho) e Yan Sasse (Jean Carlos); Guilherme, Guilherme Parede e Bruno Moraes (Jean Carlos).
Técnico: Tcheco

Local: Estádio Bento Freitas (Pelotas ­ RS)
Horário: 20h
Árbitro: Antonio Dib Moraes de Sousa (PI)
Assistentes: Cleriston Cley Barreto Rios (SE) e Rogério de Oliveira Braga (PI)

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!