O meia Carlinhos Paraíba acabou roubando a cena ontem no Alto da Glória. Barrado pelo técnico Dorival Júnior, ele ficou na reserva, mas no intervalo, ao invés de ir para o vestiário rapidamente, aproveitou para colocar a conversa em dia com o atacante Kuki, do Náutico, ex-parceiro de Santa Cruz.

Talvez isso tenha irritado o treinador, que acabou colocando o jogador em campo na volta ao gramado. No entanto, Paraíba pouco participou da partida e, dessa vez, irritou Júnior ao ponto de sacá-lo depois de apenas 25 minutos em campo. O meia saiu aplaudido e o treinador foi chamado de “burro” pelos torcedores.

Mesmo assim, para Júnior, Paraíba “viajou” em campo. “Conversei com ele durante toda a semana, tentando estimulá-lo, tentei mexer com os brios para que ele pudesse, no retorno, novamente ser importante para nós. Mas ele entrou totalmente alheio à partida, viajando praticamente, sem estar concentrado no que estava fazendo”, justificou o treinador, que fez a substituição da substituição, colocando Leandro Donizete em campo. “O Carlinhos sabe o quanto é importante, tanto que a minha dúvida era Carlinhos ou João Henrique para iniciar a partida e fiz a opção pelo João”, apontou.

Mas, quando Paraíba entrou na segunda etapa, Júnior não gostou nada do que viu. “O atleta errando, mas lutando, querendo, criando, buscando, mas não acertando eu relevo muitas coisas. Mas se entrou alheio à partida, aéreo, totalmente fora daquilo que nós precisamos pode ter certeza que a situação cabe uma tomada de posição do treinador”, avisou. No final da partida, o jogador saiu correndo e evitou fazer comentários.

De qualquer forma, ele diz que Paraíba não fechou portas e pode voltar no próximo jogo. “Ele tem todo o meu respeito e sabe disso até porque a indicação do Carlinhos para o Coritiba foi minha e do (Tonico) Xavier (então coordenador de futebol). Eu não tenho preferência por ninguém e quem não está bem vai sair, como acabou acontecendo”, finalizou. Já sobre a partida, Júnior lamentou as poucas chances criadas. Hoje, o elenco ganha folga, mas volta a trabalhar amanhã no CT da Graciosa.