Assim que o árbitro apitou o final do jogo, que terminou com vitória por 3×0 sobre o Guarany de Sobral, as atenções do Coritiba se voltaram ainda mais para o Campeonato Paranaense. A delegação coxa-branca viajou para o interior cearense, mas com o pensamento no confronto contra o PSTC, domingo (17), em Cornélio Procópio, pela ida da semifinal. Tanto que uma equipe formada quase toda por reservas foi a campo – apenas Elisson viajou -, enquanto os titulares ficaram em Curitiba, se poupando da viagem e treinando.

O técnico Gilson Kleina já tinha na sua cabeça a escalação que irá utilizar diante do PSTC. A partida em Sobral era para dar ritmo a alguns jogadores e também poder observar outros. Mas nada que mudasse a cabeça do treinador. Tanto que o substituto do atacante Kléber, que está suspenso, já estava definida, independentemente do que acontecesse na quarta-feira (14).

Ortega pouco participou do jogo. Aparecia mais quando os companheiros buscavam o camisa 18, na tentativa de que ele fizesse o primeiro gol com a camisa coxa-branca, o que não aconteceu. Enquanto isso, Leandro fez dois gols e criou as principais chances do Alviverde no primeiro tempo. Mesmo assim, pelos estilos diferentes de atuarem, o paraguaio é quem foi o escolhido para substituir o artilheiro do Paranaense.

“Na ausência do Kléber nós vamos trabalhar com o Ortega. É o nosso jogador de referência. Sabemos que vamos enfrentar uma equipe que mantém o contato e precisamos de um jogador centralizado, que brigue contra os zagueiros. No outro jogo lá jogamos sem um homem de referência, que inclusive foi o Leandro, mas não podemos perder a identidade”, explicou o treinador, lembrando da derrota para o PSTC por 2×1, na primeira fase, quando Leandro fez o gol alviverde.

A única dúvida do comandante coxa-branca é Negueba. O atacante sofreu uma pancada na goleada por 4×0 sobre o Toledo e o técnico aguarda para saber quais as condições do atleta, que com a semana toda sem jogar, não deve ser desfalque.

“Já vamos viajar na sexta-feira (15) para Londrina para vivenciar esta decisão e temos que estar mobilizados nesta reta final. Vamos ver como o Negueba reagiu com aquela pancada. Temos jogadores em um nível técnico muito alto, mas contamos com o Negueba, pois é um jogador importante, principalmente nos jogos decisivos”, completou Kleina.

Desta forma, o Coritiba vai a campo com Elisson; Ceará, Luccas Claro, Juninho e Carlinhos; Alan Santos, João Paulo, Dudu e Juan; Negueba (Vinicius) e Kléber.