O Coritiba voltou a vencer no Campeonato Brasileiro depois de sete rodadas. Eficiente e jogando novamente um futebol organizado e competitivo, o Coxa venceu o Avaí por 4×1, na noite desta quinta-feira (13), na Ressacada, em Florianópolis e se reabilitou na competição nacional. Agora com 19 pontos, o time alviverde subiu para a 10ª colocação, se reaproximou do G6 e se prepara agora para encarar o Fluminense, neste domingo (16), às 19h, no Couto Pereira.

Veja como foi o jogo no Tempo Real da Tribuna!

Diante de um adversário motivado, o Coritiba voltou a apresentar um futebol competitivo. Organizado e com mais posse de bola, o Verdão precisou de dez minutos para abrir o marcador. Neto Berola, que tinha acabado de substituir Iago, machucado, sofreu penalidade de Judson. Kléber bateu bem, deslocou o goleiro Douglas e abriu o placar na Ressacada.

O Avaí, então, acordou no jogo. Aos 12, depois da cobrança de escanteio, o zagueiro Alemão cabeceou com perigo. Na sequência, Rômulo aproveitou a saída errada de bola do Coritiba e, na cara do gol, bateu no canto, mas Wilson defendeu. A pressão dos catarinenses deu resultado aos 18 minutos. De longe, Marquinhos cobrou falta com veneno e contou com a falha de Wilson para empatar a partida.

LEIA MAIS: Kléber tem suspensão mantida pelo STJD

Foi a vez, então, do time de Pachequinho reagir. Somente um minuto depois, em outra grande jogada de Neto Berola pela esquerda, Rildo recebeu livre e bateu sem chances para Douglas. O Avaí, então, em desvantagem, precisou sair para o jogo, mas não tinha força ofensiva suficiente para criar chances de empatar o duelo. O Coritiba, então, mais organizado, conseguiu controlar o jogo, teve espaços, mas não criou nenhuma chance em contra-ataques para ampliar a vantagem ainda no primeiro tempo.

O Coritiba voltou para a etapa final com a mesma eficiência defensiva. O time alviverde continuou tendo espaços, mas conseguiu assustar a equipe da casa somente em bolas paradas. Aos 8 minutos, Carleto cobrou falta de longe e o goleiro Douglas fez boa defesa. O Avaí respondeu um minuto depois. Após cruzamento de Leandro Silva, Simião finalizou por cima.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro!

Perigoso nas bolas paradas, o Coritiba quase ampliou aos 25 minutos. Em outra cobrança de falta de Carleto, o goleiro Douglas fez outra grande defesa. O Avaí, sem força ofensiva e pressionado pela torcida, não conseguia assustar a meta do goleiro Wilson. O Verdão, então, com a marcação reforçada pelo volante Edinho, que entrou na vaga de Neto Berola, conseguiu ampliar a vantagem aos 34 minutos. Carleto cobrou falta e, no rebote do goleiro Douglas, RIldo fez o terceiro gol coxa-branca.

O terceiro gol deu a tranqüilidade que o Coritiba precisava para continuar controlando a partida. O Avaí, vaiado pelo seu torcedor, se desestabilizou de vez em campo. O time catarinense, então, foi com tudo para cima do Verdão, mas de forma desordenada. O Coxa, então, com tranqüilidade, segurou a pressão do adversário e ainda ampliou a vantagem. Aos 46, Galdezani serviu Henrique Almeida, que mandou sem chances para Douglas e decretou a vitória na Ressacada.

Ficha técnica

SÉRIE A
1º Turno – 13ª Rodada

Avaí 1×4 Coritiba

Avaí
Douglas Friedrich; Leandri Silva, Fagner Alemão, Betão e Capa; Wellington, Simião, Judson (Lucas Otávio), Marquinhos (Pedro Castro) e Juan Romulo e Júnior Dutra
Técnico: Claudinei Oliveira

Coritiba
Wilson; Rodrigo Ramos, Walisson Maia, Márcio e Carleto; Jonas, Matheus Galdezani e Anderson; Iago (Neto Berola, depois Edinho), Rildo e Kleber (Henrique Almeida)
Técnico: Pachequinho

Local: Ressacada (Florianópolis-SC)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro (SP) e Tatiane dos Santos Camargo (Fifa-SP)
Gols: Kléber 10, Marquinhos 18 e Rildo 19 do 1º; Rildo 34 e Henrique Almeida 46 do 2º
Cartões amarelos: Judson, Juan (AVA); Márcio, Anderson (CFC)
Público e renda: Não divulgados