Ao mesmo tempo em que tem uma difícil missão pela frente nas nove rodadas restantes do Campeonato Brasileiro, o Coritiba ficará de olho também na matemática dos seus principais concorrentes na luta contra a degola. Dos outros sete times que lutam contra o rebaixamento para a Segundona, o Coxa é, ao lado do Vitória, a equipe que tem mais confrontos diretos contra adversários que também lutam para permanecer na Série A.

O time baiano, que tem 57% de chances de ser rebaixado segundo sites especializados, além de enfrentar o Coritiba, em Salvador, terá pela frente também o Criciúma, em casa, além de duelos contra Figueirense e Chapecoense, em Santa Catarina. O Vitória, por outro lado, vai enfrentar ainda quatro times que estão na parte de cima da tabela. O rubro-negro baiano vai encarar Corinthians, Grêmio, São Paulo e Santos, que lutam por título ou por uma vaga na Libertadores.

Outro time baiano também vai precisar lutar muito nas últimas rodadas se não quiser voltar a disputar a Segunda Divisão. O Bahia, 62% de chance de cair, terá que vencer pelo menos mais cinco partidas até o final para conseguir ficar na Série A. O tricolor de aço terá três confrontos diretos contra a degola diante de Palmeiras, Criciúma e Coritiba, mas também enfrentará equipes que lutam na parte de cima da tabela. O duelo contra o Coxa, inclusive, acontece na última rodada e promete ser decisivo para as pretensões dos dois times na luta para permanecer na elite do futebol
nacional.

A situação mais delicada dos times que lutam contra a degola é a do Botafogo, que tem apenas um ponto a mais que o Verdão. Em crise financeira, o time carioca tem 83% de chances de cair segundo o site Chance de Gol. Próximo adversário do Coritiba, a equipe botafoguense terá jogos difíceis pela frente quando enfrentará Cruzeiro, Fluminense, Santos e Atlético-MG, todos lutando na parte de cima da classificação.

O Criciúma, que enfrenta o Atlético, dentro de casa, amanhã, tem, segundo o site Chance de Gol, 71% de ser rebaixado para a Segunda Divisão do ano que vem. O Tigre, que terá somente o Vitória e o Bahia pela frente em confrontos diretos, tem apenas um ponto a mais que o Coritiba, mas terá pela frente Cruzeiro, Grêmio, São Paulo e Corinthians até o final da competição nacional.

De todos os concorrentes, Chapecoense, Palmeiras e Figueirense, mesmo com chances de cair, são os adversários do Coritiba que estão nas melhores situações na luta contra o rebaixamento. Enquanto o time do interior catarinense aparece com 16% de chances de cair, o Palmeiras de 25% e o Figueira com apenas 12%.

A projeção para permanecer na Série A do Campeonato Brasileiro e não correr riscos de cair é de 46 pontos. Porém, com o passar das rodadas, possivelmente o último time fora da ZR poderá escapar com pontuação inferior a essa. Segundo o site Chance de Gol, o time que atingir 43 pontos chegará ao final da competição com 95% de chances de permanecer na elite do futebol nacional.