O Coritiba vai reencontrar neste sábado (31), diante da Ponte Preta, às 16h30, em Campinas, o técnico Gilson Kleina. Em comum não apenas o fato de já ter comandado o Verdão e ter trabalhado na comissão técnica em outras oportunidades. Foi ele o treinador que impôs a última derrota do Coxa nesta Série B do Campeonato Brasileiro, quando estava à frente do Criciúma. O duelo aconteceu no dia 9 de julho, em Santa Catarina, e acabou 2×1 para o tigre catarinense.

+ Leia também: Coxa encontra equilíbrio na Série B, principalmente na zaga

Um resultado dolorido e sofrido nos acréscimos, praticamente no último lance da partida. Assim, Kleina conhece bem o Coxa e já mostrou saber os caminhos para conseguir a vitória. Mas o momento agora é outro e o time alviverde vive um novo momento na Segundona.

“Ele já conhece nosso time. Nós tivemos esse jogo contra eles lá, conseguiu ganhar, mas agora é outro time. O jogo é diferente. Ele está chegando agora, vai mudar algumas coisas e os jogadores vão querer mostrar serviço e devem dificultar o jogo para a gente”, comentou o lateral-esquerdo William Matheus.

+ TRIBUNA ESTREIA SEU PODCAST DE FUTEBOL PARANAENSE! SAIBA COMO BAIXAR E OUVIR O PODCAST DE LETRA!

Será a estreia do técnico Gilson Kleina neste seu retorno à Ponte Preta. Ele chega para substituir Jorginho, demitido há uma semana por conta da instabilidade da Macaca na Série B. Mas se por um lado o treinador conhece bem o Coritiba, William Matheus, que defendeu o Guarani no Paulistão deste ano, sabe os pontos fracos do time campineiro.

+ Confira a classificação completa da Série B!

“Realmente é um adversário difícil. Na casa deles é difícil jogar. Já atuei contra várias vezes. Neste ano fiz um derby lá que foi muito difícil. A torcida deles empurra e eles têm uma identidade com aquele estádio. Será difícil, mas vamos para lá para fazer aquilo que a gente treina aqui, impor dificuldades para eles também para conseguir uma vitória ou pelo menos um ponto”, finalizou o lateral.