Anunciado no final de março como novo reforço do Coritiba, o lateral-direito Carlos César poderá, enfim, fazer a sua estreia com a camisa alviverde. O jogador, que sofreu uma lesão no muscular na coxa no dia 11 de abril, um pouco antes da estreia do Verdão na Série B do Campeonato Brasileiro, demorou para se recuperar e, quase quatro meses depois, está, enfim, à disposição do técnico Eduardo Baptista pela primeira vez para o duelo deste sábado (4), diante do Fortaleza, fora de casa.

Quando foi apresentado no Coxa, Carlos César chegou sob os olhares de desconfiança do torcedor justamente por isso. No ano passado, quando defendia o Atlético-MG, o jogador passou quase toda a temporada no departamento médico se recuperando de uma grave lesão no tornozelo. No Coritiba, quatro meses depois de ser apresentado, o lateral ainda não entrou em campo.

O atleta sofreu uma grave lesão muscular na coxa e frustrou os planos do treinador, que pretendia usá-lo como titular da lateral-direita. Quando tentou retornar e iniciou a fase de transição para os trabalhos com bola, ele voltou a sentir dores no local, retornou para o departamento médico e somente agora está à disposição.

No início da Série B, César Benítez, apesar de ter feito um Campeonato Paranaense ruim e com muitas dificuldades, especialmente no aspecto defensivo, foi a única opção para o começo da competição. O paraguaio, no entanto, aflorou suas fragilidades, errou demais e acabou rescindindo seu contrato.

A diretoria, então, precisou recorrer ao mercado e trouxe o lateral-direito Leandro Silva. O jogador até fez boas partidas, mas, assim como todo o time coxa-branca, oscilou e não tem feito boas apresentações nos últimos jogos. Neste meio tempo, Eduardo Baptista precisou improvisar, escalou o volante Vinicius Kiss na função em algumas partidas e o jogador deu conta do recado.

Confira a classificação completa da Série B

Agora, diante da lesão de Leandro Silva, titular da posição, Carlos César finalmente poderá estrear com a camisa do Coritiba. O jogador está treinando com o restante do elenco, mas ainda está fazendo algumas atividades específicas por conta da gravidade da lesão que sofreu. Sua participação no duelo contra o Fortaleza vai depender da sua evolução e da vontade do comandante coxa-branca.

A tendência é de que o lateral seja pelo menos relacionado para a partida de sábado. Caso Baptista ainda não esteja seguro para colocar o lateral já desde o início da partida, Rodrigo Ramos e Vinicius Kiss são os candidatos para a partida de seis pontos diante do líder da Série B do Campeonato Brasileiro.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!