O plano de ter uma um novo estádio segue forte no Coritiba. Inclusive, agora o clube tem um comitê especializado para cuidar da nova casa coxa-branca. Formado por engenheiros, advogados e profissionais de marketing, o denominado Comitê de Produto apresentará nas próximas semanas um pré-projeto para o Conselho Deliberativo.

“Estamos em pleno processo. Em poucas semanas, teremos condições de levar o pré-projeto para os conselheiros”, confia o vice-presidente, Alceni Guerra. O cartola reforça as duas opções do clube: a reforma completa do Couto Pereira ou a demolição do estádio e construção de nova praça esportiva.

“A reforma, na minha opinião, é inviável, porque você não consegue financiamento para uma reforma, teria que fazer com dinheiro do time. Ninguém dá dinheiro para estádio antigo”, explicou Guerra. “Estamos trabalhando com afinco. Temos mais seis meses de gestão e nosso compromisso sempre foi passar as coisas avançadas para a próxima diretoria”, complementou.

O mandato do presidente Rogério Bacellar termina em dezembro deste ano. O próprio Bacellar já adiantou que não concorrerá à reeleição. No balanço oficial do clube referente a 2016, a diretoria afirma fazer “esforços direcionados junto às instituições públicas visando a reavaliação do potencial construtivo do Couto Pereira”.

Guerra também garante não ter interesse no pleito. O vice ainda revela não poder dar mais detalhes sobre os avanços do projeto do novo Couto pois o porta-voz único do Comitê de Produto é Juliano Belletti, que já acumula as funções de diretor executivo internacional e diretor de marketing e comunicação.