A partir da partida de amanhã, às 21h50, contra o Corinthians, o Coritiba inicia a contagem regressiva dos cinco jogos que definirão seu destino no Campeonato Brasileiro. Em tese, bastariam cinco empates para o Alviverde – atual 13.º colocado, com 41 pontos – se garantir matematicamente na Série A do ano que vem. Entretanto, o pensamento de elenco e comissão técnica é mais ambicioso: aproveitar a sequência de duas partidas no Couto Pereira, que se encerra diante do Criciúma, no sábado, para fazer o serviço de casa e despachar de vez o fantasma do rebaixamento. “São dois jogos muito importantes, que a gente precisa pontuar e fazer nosso objetivo. No sábado, depois do jogo contra o Criciúma, a gente já pode estar com nossa vida resolvida”, projeta o atacante Júlio César.

No que depender do retrospecto do Coritiba atuando em casa, o objetivo de eliminar qualquer risco de rebaixamento já nesta semana é totalmente viável. Com o fator Couto Pereira, o Alviverde tem a quinta melhor campanha como mandante neste Brasileiro. O desempenho de 9 vitórias, 5 empates e 2 derrotas, além de 66,67% de aproveitamento, só é superado por Vitória, Atlético, Atlético-MG e o virtual campeão Cruzeiro.

A mais recente sequência de dois compromissos consecutivos que o time realizou no Alto da Glória foi bem aproveitada. No fim do mês passado, o Coxa despachou a Raposa por 2 x 1, além de ter goleado o Grêmio por 4 x 0. Se novamente fizer valer seu mando de campo, a equipe cumpre a meta de alcançar os 47 pontos. ‘Nosso objetivo é primeiro fazer os 47 pontos, para se livrar logo dessa situação, e depois aquilo que vier vai ser lucro para a gente’, ressalta Júlio César.