O Bahia recebeu neste domingo (07) o Coritiba na Arena Fonte Nova. O Coritiba precisava da vitória pra se livrar do fantasma da zona do rebaixamento. Nem mesmo a garra do time curitibano conseguiu ser suficiente para sair do empate.

De início, os dois times parecia apenas se estudar, sem grandes ambições. O Coritiba tinha a vantagem de não contar com a torcida adversária – punição do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Ainda assim, o Alviverde conseguiu boas chances de abrir o placar. Os donos da casa não foram os protagonistas: se mantiveram recuados e não se colocaram à altura do Coritiba.

Passados 30 minutos, uma marcação de pênalti em cima de Zé Love se transformou em polêmica e a arbitragem decidiu que não passava de uma falta – e realmente, o jogador alviverde havia caído fora da grande área.

Segundo tempo

Apesar da confusão do primeiro tempo, a segunda metade começou com o Coritiba buscando mais espaço em campo. O Bahia conseguiu dominar com maior clareza, mas ainda assim a falta da torcida acabou afetando o desempenho dos donos da casa. A prova da queda de rendimento foi a saraivada de cartões amarelos, que se abateu sobre os dois lados.

Tanto o Bahia quanto o Coxa se mantiveram na defesa, na tentativa de aproveitar as falhas do adversário para marcar. Como resultado, ninguém abriu o placar.

Paraná Online no Google Plus

Paraná Online no Facebook