Depois de emendar a segunda vitória consecutiva na Série B do Campeonato Brasileiro, ao vencer o Boa Esporte por 2×1 na última terça-feira (4), o Coritiba precisará dar sequência nesta fase positiva para continuar acreditando no acesso à Série A. Em nono lugar, com 36 pontos na tabela de classificação, o Alviverde está há seis do G-4, por isso, só os triunfos interessam.

LEIA MAIS: Tcheco não gostou da postura do Coxa

Desde o início da competição, o time não conseguiu embalar três vitórias consecutivas. E vai ter que correr atrás do ‘improvável’, já que restam apenas 13 rodadas para o fim da Segundona e são necessários pelo menos 28 pontos para sonhar em terminar entre os quatro primeiros. Em 2017, o Paraná Clube conseguiu o acesso com 64 pontos, por exemplo, mas a conta pode fechar sendo um pouco mais baixa dependendo dos resultados dos demais times da ponta da tabela.

Ainda que pareça desafiador conseguir chegar ao número mágico, se depender da vontade do elenco, não faltará disposição para que o time brigue para voltar para a elite do futebol nacional, como falou o técnico Tcheco, logo após a triunfo diante do Boa. “Temos que fazer de cada partida o nosso jogo do acesso, como disse o Wilson no jogo contra o Brasil de Pelotas”, explicou o treinador, fazendo referência às palavras do goleiro Wilson, capitão da equipe coxa-branca, ao final do duelo em que o Coritiba venceu o time gaúcho com um “suado” 1×0.

GLADIADOR: Kléber não tem futuro confirmado; São Bento é ‘impedido’ de fechar negócio

Diante da difícil missão de buscar, pelo menos, nove vitórias até a última rodada da Série B, a tática do técnico para motivar o elenco é fazer com que seus comandados pensem apenas no atual momento. “A minha mensagem para os jogadores vai ser para esquecer o que aconteceu e não ficar olhando quem subiu ou quem desceu na tabela. Nós temos que fazer a nossa parte. Queremos chegar no sábado, depois do jogo, e apenas ver o quanto diminuímos de diferença, cinco ou quatro pontos”, enfatizou o treinador, lembrando do próximo compromisso do Alviverde, que será contra um concorrente direto: o Vila Nova, às 21h do sábado (8), no Serra Dourada, em Goiânia.

O time goiano está “colado” ao Verdão na tabela. Em oitavo na classificação, o Vila está com 37 pontos, um a mais do que o Coxa. “O importante vai ser a vitória, porque para subir, a gente vai ter que manter esse nível de pontuação”, destacou o treinador.

Confira a tabela e a classificação da Série B!

Confiante em uma vitória, Tcheco lembra que ainda acontecerão diversos confrontos com equipes que também brigam pelo acesso e que isso será bom para fazer com que a matemática alivie para o lado do Alviverde. O treinador acredita que esses duelos farão com que o Coritiba, além de ganhar posições, possa deixar pelo caminho esses concorrentes. “Contamos com a queda dos adversários na tabela. Como temos alguns confrontos diretos com times que também estão na briga, podemos acreditar que ainda dá”, arrematou Tcheco.