O Coritiba está com dificuldades para reforçar seu elenco para a sequência da disputa do Campeonato Brasileiro. Com a necessidade de contratar para o sistema defensivo e o setor de criação, o Coxa descartou oficialmente as vindas do zagueiro Ernando e do meia Marquinhos, que pertencem ao Internacional. Quem confirmou a informação foi o diretor institucional do clube, Ernesto Pedroso, em entrevista à Tribuna.

De acordo com cartola alviverde, os dois foram descartados por conta dos valores financeiros. Ambos estão fora da realidade que o Verdão pode pagar. “Esse está descartado (Ernando), está fora dos planos. Fora da realidade e do padrão do Coritiba. O Marquinhos também está”, confirmou Pedroso.

O Coritiba tentava que o Internacional pagasse parte dos salários dos jogadores, mas o clube gaúcho não teria aceitado a negociação. Ernando teria um salário superior a R$ 240 mil, mas não está sendo utilizado pelo técnico Guto Ferreira. Já Marquinhos, que está emprestado ao Sport, também ganha mais daquilo que o Coxa pretendia pagar, mesmo sendo o principal nome pretendido para o setor de criação.

Confira a tabela completa do Brasileirão!

Com isso, o Alviverde volta a estaca zero na sua busca por reforços. A defesa segue sendo prioridade da diretoria coxa-branca. “Estamos em busca de reforços. É uma busca permanente. A prioridade é a zaga e já sabemos disso”, arrematou o dirigente.