Mesmo que esteja conseguindo se manter entre os primeiros colocados da Série B nas últimas rodadas, o Coritiba quer poder ‘turbinar‘ o time para se fixar de vez no G4 e garantir o acesso no final do ano. Após o empate de ontem (11), com o Juventude por 1×1, em Caxias do Sul-RS, o técnico Eduardo Baptista confirmou que a diretoria vem monitorando o mercado em busca de reforços.

“A gente tem conversado bastante e a diretoria está trabalhando nisso. A gente está de olho no mercado, nessa movimentação pra gente poder reforçar. É uma equipe bastante jovem e se tiver à disposição um reforço de qualidade, que venha para nos ajudar”, explicou o treinador, que acha importante contar com peças que estejam prontas para serem acionadas de imediato.

“Quando eu cheguei veio o Leandro (Silva), que encaixou na lateral-direita, veio o Alisson (Farias) que arrumou ali a frente. Nós estamos à procura de nomes assim, não adianta contratar cinco ou seis jogadores para dizer que contratou e não conseguir resposta. A diretoria está trabalhando nisso, os analistas do clube e a gente mesmo, está atento, pra que a gente possa achar”, disse Baptista.

Desde o início da temporada, o Coritiba já trouxe 14 jogadores. A última contratação foi a do meia-atacante Alisson Farias, que tem sido titular. Porém, seguindo a cartilha de campanha do presidente Samir Namur, que garantiu não fazer ‘extravagâncias’ financeiras para trazer jogadores, a tendência não é que venham poucos reforços até o final do ano. Ainda que não possa contar com um elenco numericamente grande, o comandante do Coritiba sabe que essas contratações, se acertadas, podem encorpar o time.

Confira a tabela e a classificação da Série B!

“Não são três ou quatro peças. Às vezes uma ou duas podem dar o encaixe bom. Todos somos cientes de que na Série B, para subir, você precisa ter um elenco forte”, finalizou o técnico.