Coritiba perdeu para o Vitória nos pênaltis por 5 a 3, na primeira decisão na Copa Sul-Americana deste ano. A partida, que aconteceu no estádio Couto Pereira às 20h15 desta terça-feira (25), garantiu a classificação do Vitória na Sul-Americana.

O Coxa marcou dois durante a partida com Marcelinho Paraíba e Renatinho. Os pênaltis do Alviverde foram marcados por Renatinho, Rodrigo Heffner e Marcelinho Paraíba. Jeci mandou a bola pra fora. No Vitória, os gols foram de Apodi, Magal, Leandro Domingues e Carlos Alberto.

Aos 3 minutos, Roger arrisca chute para o gol, mas Vanderleu defende com tranqüilidade. Aos 9 Marcelinho faz cruzamento e Fábio tenta desviar e chuta pro gol, mas Gléguer desvia.

Aos 10, Rodrigo Heffner faz cruzamento, Fábio Ferreira manda pra trás e goleiro defende com facilidade. Aos 12 minutos, Bandeirinha marca impedimento, mesmo assim Marcos Aurélio continua jogada e leva entrada dura de Gléguer, que acaba recebendo cartão.

Aos 18, Neto Berola faz bonita jogada individual, mas chuta em cima da defesa. Aos 22 Robinho cobra falta perigosa, masVanderlei dá um tapinha na bola e manda pra fora. Já aos 23 Berola manda pra boca do gol e Jeci corta a bola, que sai pela linha de fundo.

A primeira substituição: aos 26, Renatinho entra no lugar de Rodrigo Crasso. Aos 28, Fábio Ferreira leva cartão. Aos 31, Marcos Aurélio chuta de primeira e bola passa raspando trave direita do goleiro Gléger. Aos 43, Marcelinho Paraíba tenta mais uma vez em cobrança de falta, mas exagera na força e manda por cima do gol. Aos 45 Renatinho recebe cartão amarelo.

O primeiro gol do Coritiba é marcado aos 2 minutos: Marcelinho Paraíba recebe bola pela direita e dispara bomba no canto esquerdo da trave. Aos 12, o segundo gol é marcado por Renatinho, que aproveitou sobra, chutou forte e bola foi parar no fundo da rede do goleiro Gléguer.

Aos 14, Apodi recebe cartão amarelo. Aos 16, Pedro Ken sai para entrada de Márcio Gabriel. Aos 17, Jailton leva cartão por falta em Leandro Domingues. Donizete também recebe cartão por tentar parar contra ataque do Vitória.

Substituições: aos 29, entra Leandro e sai Robson no Vitória, aos 33 entra Leozinho e sai Marcos Aurélio no Coxa e aos 44, sai Berola para entrar Carlos Alberto. Aos 39, Roger chuta com força e quase marca para o Vitória. Aos 41 Ariel chega com vontade para a boca do gol, mas Magal acaba intervindo e impede a jogada.