O Flamengo conseguiu reverter a derrota por 3 a 0 para o Coritiba e avança para as quartas de final da Copa do Brasil. O rubro-negro carioca repetiu o mesmo placar e levou a melhor na decisão por penalidades máximas. O que chamou a atenção no jogo, porém, não foi a vitória do urubu, mas sim a maneira como ela aconteceu. Graças ao árbitro do Mato Grosso, Wagner Reway, que anotou dois pênaltis inexistentes e não marcou uma falta em Alex que originou o terceiro gol flamenguista.

Mesmo tomando pressão do Flamengo, o Coritiba soube se portar em campo. O time defendia bem e jogava com o regulamento debaixo do braço. Contudo, o Coxa se aventurou muito pouco no ataque e, quando fazia, Martinuccio tratava de desperdiçar as poucas chances.

O Flamengo, por sua vez, tinha volume de jogo, mas não conseguia transformar o domínio do jogo em chances de gol. Porém, isso não foi um problema, pois Reway tratou de aparecer. Já no final do primeiro tempo, ele marcou pênalti em uma trombada que o jogador do Flamengo deu em Zé Love. Alecsandro bateu bem e abriu o marcador.

Sem anestesia

O show de horrores promovido por Reway continuou no segundo tempo. Aos nove minutos, Norberto, com o braço colado ao corpo, corta um cruzamento dentro da área. O árbitro não teve dúvidas e marcou mais um pênalti para o Flamengo, novamente convertido por Alecsandro.

Para tentar melhorar o rendimento do ataque, Marquinhos Santos colocou Robinho e Alex no jogo. Contudo, os jogadores não entraram bem na partida e o Coxa continuava a produzir pouco no ataque.

Quando tentava fazer algo no ataque, Reway aprontou outra das suas. Alex recebeu falta de Samir. O árbitro mandou o jogo seguir, Everton venceu Luccas Claro na velocidade e cruzou para Eduardo da Silva marcar o terceiro gol.

O Coritiba, que falhou na partida em se arriscar pouco no ataque, tentou tirar um coelho da cartola nos minutos finais, mas sem sucesso.

Incompetência na decisão

A decisão por pênaltis era a chance para os jogadores do Coritiba buscarem alguma redenção. Contudo, o Coxa foi incompetente. Foram três pênaltis desperdiçados (Zé Love, Hélder e Dudu) na primeira parte e mais um (Carlinhos ) nas alternadas. Somente Robinho e Leandro Almeida converteram. Vanderlei ainda defendeu três cobranças, mas, diante da displiscência de seus colegas, foi um fato que acabou passando em branco.

Coritiba volta a concentrar suas forças no Campeonato Brasileiro. O alviverde vai até a Bahia, enfrentar o Bahia.