Se não bastasse a situação complicada que vive no Campeonato Brasileiro, o Coritiba ganhou mais um problema para a reta final. Ontem de manhã, o Pleno do STJD julgou o recurso do clube da perda de mando de uma partida por conta de incidentes ocorridos na partida contra o Sport e a pena foi mantida. Assim, o Verdão jogará domingo, às 19h30, contra o Santos, no Couto Pereira, com os portões fechados e ainda terá que pagar multa de R$ 50 mil.

Veja imagens do confronto entre torcedores do Sport

O advogado do clube, Itamar Côrtes, que esteve presente no julgamento, ontem, no Rio de Janeiro, afirmou que o relator do julgamento não votou pela pena de perda de mando de campo, mas que o restante dos auditores decidiu manter a punição. O defensor do Coxa lamentou a punição, principalmente pelas provas apresentadas que comprovaram que o clube tomou todas as medidas possíveis.

“A gente lamenta essa punição. O clube comprovou que todas as medidas preventivas e repressivas foram tomadas e que houve a identificação dos envolvidos. Tanto que, anteriormente, conseguimos o efeito suspensivo. Na primeira e na segunda instância os relatores do processo não aplicaram a perda de mando de campo, mas os outros auditores se impressionaram com as imagens, que não são boas realmente e a punição acabou sendo mantida”, explicou Côrtes.