Finalmente o Coritiba oficializou a contratação do meia Daniel, de 23 anos. Ele pertence ao São Paulo, e o negócio só foi definitivamente fechado após o prolongamento do contrato do jogador com o time paulista. Daniel é uma das apostas do Coxa para melhorar a armação, setor mais carente da equipe na temporada.

A negociação com Daniel foi complicada. Ele estava na mira do Coritiba desde o início de 2017, como a Tribuna informou quando houve a primeira sondagem ao representante do jogador e ao São Paulo. As conversas andaram, mas ficaram paradas por longo tempo. O motivo era a fixação da diretoria coxa com a contratação de Ronaldinho Gaúcho.

Só depois do final frustrado da “operação” foi que as outras negociações em andamento foram retomadas. William Matheus chegou e Daniel fechou com o Coritiba. Mas faltava estender seu contrato com o São Paulo, o que fez ele ficar treinando no CT da Graciosa por dez dias até o desfecho nesta quarta-feira (15).

Carreira

Daniel, natural de Juiz de Fora, começou nas categorias de base do Cruzeiro, mas se destacou mesmo no Botafogo, onde foi um dos melhores meio-campistas do Brasileirão de 2014. Foi transferido para o São Paulo no ano seguinte, mas sofreu com as lesões e jogou pouco por lá.

Agora, Daniel ganha a chance de retomar a carreira no Coritiba. “Sempre admirei e respeitei o clube, e espero poder corresponder à expectativa da torcida”, comentou. O meia acredita que está fisicamente inteiro e à disposição de Paulo César Carpegiani. “Sou meia-atacante, jogo tanto centralizado como pelas beiradas”, avisou Daniel.