O Coritiba voltou a respirar um pouco mais aliviado no Campeonato Brasileiro. O time alviverde passou por cima da fase ruim, soube sofrer, mas conseguiu uma grande vitória diante do São Paulo por 2×1, na noite de quinta (3) no Morumbi. Fora da zona de rebaixamento, o resultado positivo foi bastante comemorado pelo Verdão. O técnico Marcelo Oliveira, que conquistou a primeira vitória no comando do Coxa, ressaltou a importância dos três pontos conquistados em um campeonato tão equilibrado como é o Brasileirão.

“Falei com os jogadores o quanto estava fazendo falta o ponto perdido pelo Flamengo no fim do jogo, quando eu nem era técnico. A diferença do 17º para o 11º era de três pontos. Em um campeonato que está muito achatado, muito próximo, a vitória tem muita representatividade. Temos que ser conscientes de que, nesse momento, o Coritiba está tentando sair da zona de baixo”, apontou o treinador, que já foca no duelo contra a Chapecoense, em mais um confronto direto contra o rebaixamento, domingo (6), no Couto Pereira.

“A gente espera que no domingo, como a gente veio aqui muito preparado e fez um grande jogo diante de um adversário que seria forte, que atacaria muito, a gente se prepare da mesma forma para enfrentar a Chapecoense. Não tem relaxamento, é manter a concentração, o foco e sabendo que o Coritiba pode fazer mais e melhor”, avisou o comandante alviverde.

A vitória do Coritiba foi na base da boa postura defensiva e de muita transpiração de todo o time coxa-branca. O volante Alan Santos espera que o Coxa retome o seu caminho de vitórias na competição nacional e passe a brigar novamente na parte de cima da classificação do Campeonato Brasileiro.

“Foi com o empenho de todos, dedicação, todos correndo ali, um ajudando o outro. Eu sofri bastante. Não estou na minha melhor forma física. Deu câimbra no final. Pelo grupo, pelo Coritiba, a gente não merece estar ali embaixo. Mostramos no início que podemos fazer um bom campeonato e vamos agora dar a retomada. Temos a Chapecoense agora em outro confronto direto”, emendou o camisa 5.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro!

Titular do Coritiba diante do São Paulo, o atacante Alecsandro fez seu melhor jogo pelo Verdão. O camisa 85 foi o capitão do time coxa-branca e afirmou que a garra demonstrada pela equipe em campo teve também sua participação. O jogador enalteceu a entrega de todo o grupo na conquista da vitória sobre o tricolor paulista.

“Entrar como capitão do time, dentro do vestiário, disse que gostaria que o time tivesse a minha cara em campo. Falei que lá dentro eles iam ver um cara lutar, vestir a camisa, falei que não ia desistir de nenhuma bola e que ia sair daqui com a vitória. Pedi que todo mundo pensasse igual a mim. Isso me deixa muito feliz. O time comprou minha ideia. Está todo mundo de parabéns, mereceu a vitória. Jogamos como um time que realmente merecia ganhar”, arrematou Alecsandro.