O presidente Jair Cirino dos Santos e o coordenador de futebol Felipe Ximenes estiveram ontem no Rio de Janeiro visitando o presidente da comissão de arbitragem Sérgio Correa. Os dois levaram um ofício e um DVD com os erros cometidos no domingo.

O clube não gostou nada da atuação de Wilton Pereira Sampaio, assistido por César Augusto de Oliveira e Eremilson Xavier Macedo. Todos do Distrito Federal. “O Coritiba tem que fazer a sua parte dentro de campo, mas também deve estar atento a outros aspectos que podem definir uma partida”, justificou Cirino.

Na visão do clube, o meia Lúcio Flávio estava em impedimento claro quando recebeu a bola para fazer o segundo gol e Thiago Gentil ainda sofreu falta dentro da área, que a arbitragem anotou fora.

Por isso, os dois dirigentes pediram a Correa mais atenção às escalas de arbitragens nas próximas rodadas, mantendo a “imparcialidade” para que todos os clubes entrem em campo com igualdade de condições e não fruste os torcedores que estarão acompanhando tudo nas arquibancadas. O clube acabou nem procurando a Federação Paranaense de Futebol e foi direto à CBF.