Ameaçado pelo fantasma do rebaixamento nas últimas duas edições do Campeonato Brasileiro, o Coritiba decidiu inovar para a disputa da edição de 2014. Depois de ver o Maringá acabar com as suas chances de conquistar o pentacampeonato estadual, o Alviverde aposta em uma comissão técnica de gabarito, comandada pelo treinador Celso Roth, para a disputa do Brasileirão, e não mais em técnicos jovens e que estejam buscando notoriedade dentro do cenário do futebol brasileiro, como foi com Marcelo Oliveira, Marquinhos Santos e Dado Cavalcanti.

Além de Celso Roth, que mesmo sem ter grandes conquistas em seu currículo ocupa um patamar destacado no mercado dos treinadores brasileiros, a nova comissão técnica coxa-branca conta também com o preparador físico da Seleção Brasileira, Paulo Paixão. O profissional, que é um dos mais gabaritados do Brasil, chega com a missão de acabar com a sequência de lesões musculares do elenco, que prejudicou consideravelmente o desempenho do time nos últimos dois anos.

Sem anunciar grandes contratações para a disputa do Campeonato Brasileiro, o Coritiba, segundo falou Celso Roth na sua apresentação, está analisando bem o mercado do futebol brasileiro e afirmou que o clube buscará contratações pontuais para reforçar a equipe nas disputas do Brasileirão e da Copa do Brasil.

Com poucas mudanças em relação ao time que disputou o Campeonato Paranaense, mais uma vez estará nos ombros do meio-campo Alex a responsabilidade de conduzir o Coxa no Brasileirão. Desde que voltou ao clube, o camisa 10 tem tido papel fundamental na equipe. Por isso, há duas semanas, depois da eliminação, o jogador pensou em adiantar a sua aposentadoria, que vai acontecer após o término da temporada.

Mesmo sem ter conseguido grandes resultados no Brasileirão do ano passado e no Paranaense 2014, a manutenção da base pode ser o grande trunfo do Coxa. A defesa, formada pelo goleiro Vanderlei, pelos zagueiros Leandro Almeida e Luccas Claro, e pelos laterais Victor Ferraz e Carlinhos, é a mesma que disputou a Séria A de 2013. As saídas dos volantes Willian e Júnior Urso fizeram o Coritiba ir às compras. Baraka e Misael desembarcaram no Alto da Glória como opções para o setor. Na frente, além de Robinho, Alex e Roni, que serão os responsáveis pela criação das jogadas, Zé Love e André Lima, recém-contratado, podem formar a dupla titular de ataque.