Faltou qualidade mais uma vez. E o Coritiba perdeu uma chance de ouro para voltar ao G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Com uma atuação ruim, o Coxa ficou no 0x0 com a Ponte Preta neste sábado (28), no Couto Pereira, e termina a penúltima rodada do primeiro turno na quinta colocação, empatado em pontos com Avaí e Figueirense, mas atrás pelos critérios de desempate. E a torcida não gostou nada do rendimento do time.

Confira como foi o jogo no nosso Tempo Real!

O início do jogo foi de dificuldade para o Coritiba, por conta da forte marcação dos visitantes atrás da linha da bola. Os zagueiros alviverdes eram obrigados a trocar passes até encontrar um espaço para o lançamento longo, que não surtia efeito. Para chegar com perigo, era preciso arriscar, e Vitor Carvalho foi o primeiro a tentar, num lance que desviou em Léo Santos e quase enganou Ivan.

Mas a tônica era a dificuldade para jogar. Aos 11 minutos, o roubo de bola da Ponte quase surpreendeu o Coxa – na tabela com Júnior Santos, Igor apareceu na cara de Wilson e chegou a deslocar o goleiro, mas Uillian Correia salvou a lavoura. A Macaca era melhor na partida, com mais presença no campo dos donos da casa e obrigando a defesa do Cori a trabalhar. Pior para Rafael Lima, que desde os primeiros minutos jogava com uma lesão na coxa.

Wilson teve que trabalhar bastante. De novo. Foto: Albari Rosa
Wilson teve que trabalhar bastante. De novo. Foto: Albari Rosa

Os donos da casa erravam muitos passes, e dava inclusive uma “ajudinha” aos paulistas. Aos 26 minutos, Guilherme Parede errou o recuo para Wilson e Ruan quase abriu o placar. Logo depois, o mesmo Ruan obrigou o camisa 84 alviverde a se virar para defender. Era mais uma noite normal alviverde, porque aos 34 foi a vez de Wilson espalmar a cabeçada de André Luís. E aos 38 outra defesa, no arremate de João Vitor.

O Coritiba tentou voltar para o segundo tempo dominando a partida, coisa que não aconteceu nos 45 minutos iniciais. E com alterações – Chiquinho e Nathan nos lugares de William Matheus e Alisson Farias. Mas as falhas individuais atrapalhavam o time, que não conseguia ser superior á Ponte. Particularmente Leandro Silva, que já havia se destacado pelas trapalhadas no jogo contra o Goiás.

Chance de gol, de verdade, só aos 24 minutos, após o bom toque de Jonatas Belusso. Yan Sasse chutou com perigo no seu último lance na partida – Jean Carlos, que andava sumido, entrou na equipe pela segunda vez seguida. Foi o sinal para que o Coxa partisse de vez para o ataque, e Nathan quase marcou um golaço depois de colocar a bola entre as pernas de Renan Fonseca. Era possível vencer, mas era preciso caprichar.

Veja a tabela e a classificação da Segundona!

O jogo ficou aberto nos minutos finais, com o Coritiba tentando pressionar e a Ponte Preta sendo perigosa nos contra-ataques. A situação coxa era dramática, pois dois zagueiros estavam no sacrifício – além de Rafael Lima, Leandro Silva jogava lesionado. E na base da luta e dos erros, o jogo ficou mesmo zerado, frustrando os quase dez mil torcedores que foram ao Alto da Glória.

Ficha técnica

SÉRIE B
1º Turno – 18ª rodada

Coritiba 0x0 Ponte Preta

Coritiba
Wilson; Leandro Silva, Romércio, Rafael Lima e William Matheus (Chiquinho); Uillian Correia, Vitor Carvalho e Yan Sasse (Jean Carlos); Alisson Farias (Nathan), Guilherme Parede e Jonatas Belusso.
Técnico: Eduardo Baptista

Ponte Preta
Ivan, Igor, Renan Fonseca, Léo Santos e Ruan; Nathan, João Vitor (Felipe Saraiva) e Paulinho (André Castro); Danilo Barcelos (Neto Costa), André Luís e Júnior Santos.
Técnico: João Brigatti

Local: Couto Pereira
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RS)
Assistentes: Flavio Gomes Barroca (RS) e Lorival Candido das Flores (RS)
Cartões amarelos: Romércio (CFC); João Vitor (PON)
Renda: R$ 133.442,00
Público pagante: 9.223
Público total: 9.550