A situação do Coritiba na Série B do Campeonato Brasileiro ficou desesperadora depois da derrota sofrida para o Oeste por 2×0, na noite desta sexta-feira (24), no Estádio Couto Pereira. O revés e mais uma atuação ruim desencadearam uma série de protestos contra o time coxa-branca e especialmente contra a diretoria alviverde na figura do atual presidente Samir Namur. Clima conturbado para o Verdão que, neste ano, necessitava voltar à primeira divisão, mas vê essa missão cada vez mais distante.

Antes mesmo de a bola rolar, o clima já era de cobranças no Couto Pereira. “Honrem esta camisa”, “Mercenários”, “Salário em dia, criem vergonha na cara” e “Não destruam 109 de história” foram algumas das faixas colocadas nas arquibancadas do Alto da Glória. Em campo, o Coritiba parece ter sentido essa pressão, teve mais uma péssima atuação e saiu de campo derrotado. A primeira dentro de casa nesta Série B do Campeonato Brasileiro.

Veja como foi o jogo entre Coritiba e Oeste! 

“A gente não tem que só tentar. Tem que concluir, fazer os gols. Não tem explicação, estamos pecando muito. O torcedor já está cobrando e está certo. Não tem o que fazer. É acertar os detalhes, cumprir as funções, ter mais vontade, determinação e raça para as coisas voltarem a acontecer”, apontou o atacante Guilherme Parede, que, apesar da derrota, teve uma boa atuação diante do Oeste.

Torcida do Coxa chamou jogadores de mercenários. Foto: Albari Rosa.
Torcida do Coxa chamou jogadores de mercenários. Foto: Albari Rosa.

O Coritiba, com um primeiro tempo muito ruim, sofreu dois gols em sete minutos e, antes mesmo do final da etapa inicial, os protestos já apareceram no Couto Pereira. O time coxa-branca foi chamado de sem vergonha, mas o coro que falou mais alto no Couto Pereira foi o pedido de saída do presidente Samir Namur, que tem demonstrado muitas dificuldades neste início de gestão à frente do clube.

O goleiro Wilson, que perdeu um pênalti no duelo, foi aplaudido e teve o nome gritado em meio aos protestos da torcida.

Antes mesmo do término da rodada, o Coritiba já caiu para a 11ª colocação na classificação da Série B do Campeonato Brasileiro. A distância para a zona de rebaixamento é de cinco pontos, mas pode diminuir com o complemento dos jogos de sábado. Para o G4, o Coxa está seis pontos atrás, mas certamente a distância vai aumentar.

Confira a tabela e a classificação da Série B! 

Por isso, o cenário para o Coritiba é o pior encontrado até agora desde o começo da segunda divisão. O time coxa-branca tem tido atuações muito ruins e nem os resultados no Couto Pereira, que antes vinha salvando o Verdão, estão aparecendo nessa crise que vive o clube na segunda divisão.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do trio de ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!