O Coritiba venceu o Oeste por 1×0 na tarde deste sábado (16), no Couto Pereira, e manteve a terceira posição na Série B a duas rodadas do término da competição. A equipe alviverde aumentou a invencibilidade e chegou a 11 jogos sem derrota, com seis vitórias e cinco empates.

O gol da vitória foi marcado pelo lateral-esquerdo William Matheus, no começo do primeiro tempo. Com 60 pontos e dentro do G4, o time do Alto da Glória precisa de duas vitórias para garantir o acesso à Série A sem depender de outros resultados. O América-MG, quinto colocado, tem dois pontos a menos. No entanto, a volta para a elite pode ser confirmada já n próxima rodada, quando o Coxa recebe o Bragantino, domingo (24), às 16h, novamente no Couto.

+ Confira como foi o jogo no Tempo Real da Tribuna!

Com as voltas de Giovanni e Rodrigão, o Coritiba demorou a se encontrar no início da partida e trabalhava a bola sem objetividade. Com 14 minutos, na única jogada com boa movimentação do ataque, achou o espaço e marcou. Giovanni recebeu de Serginho na intermediária e deu belo passe de três dedos na diagonal para William Matheus, que ajeitou dentro da área e chutou forte na saída do goleiro. Esse foi o segundo gol do lateral em 26 jogos na competição.

Mesmo à frente do placar, o time alviverde seguiu com dificuldades de construção de jogadas e não oferecia perigo aos paulistas, que se fechavam bem atrás. Por outro lado, o Oeste também era lento e erravas muitos passes em seu campo ofensivo. Elvis e Mazinho, em chutes de fora da área, assustaram.

Coritiba e Oeste fizeram um jogo duro no Couto, com poucas chances de gol. Foto: Albari Rosa
Coritiba e Oeste fizeram um jogo duro no Couto, com poucas chances de gol. Foto: Albari Rosa

O cenário continuou o mesmo no início do segundo tempo, com passes laterais e pouca ofensividade. Roberto, após boa trama de Elvis e Mazinho, recebeu na área e chutou para defesa de Muralha. A resposta coxa-branca aconteceu com Giovanni, que arriscou do bico da área para fora.

A estratégia do Coxa era atrair o Oeste para seu campo e sair em velocidade, mas a bola pouco chegava para Kelvin e Robson, que atuavam nos lados do campo, além de Rodrigão não conseguir segurar a bola no ataque.

O técnico Jorginho, então, tirou Rodrigão para a entrada de Igor Jesus. Na bola parada, Giovanni quase ampliou com a bola passando por cima do travessão. Já Matheus Oliveira, em chute desviado, raspou a trave.

+ Confira a classificação completa da Série B!

Rafinha, recuperado de lesão, entrou na vaga de Serginho, enquanto Kelvin saiu para Matheus Bueno entrar, a 15 minutos do fim. As mudanças, entretanto, não mudaram o panorama da partida.

Jogadores do Coxa fizeram a festa.Time depende apenas de si pra subir. Foto: Albari Rosa
Jogadores do Coxa fizeram a festa.Time depende apenas de si pra subir. Foto: Albari Rosa

Assim, os perigos eram apenas em bolas alçadas na área. Após cruzamento da esquerda, Cleber Reis subiu sozinho e cabeceou em cima do goleiro coxa-branca. William Matheus, depois de falta da direita, cabeceou para grande defesa de Cavichioli, enquanto Nathan Ribeiro mandou uma cabeçada rente à trave. Pouco para mudar o panorama do jogo, mas o suficiente para o Coritiba comemorar mais três pontos e dar mais um passo rumo ao acesso.

Ficha técnica

SÉRIE B
2º Turno – 36ª Rodada

CORITIBA 1×0 OESTE

Coritiba
Alex Muralha; Felipe Mattioni, Nathan Ribeiro, Sabino e William Matheus; Matheus Sales, Serginho (Rafinha) e Giovanni; Robson, Kelvin (Matheus Bueno) e Rodrigão (Igor Jesus).
Técnico: Jorginho

Oeste
Matheus Cavichioli; Luiz Felipe (Tite), Cléber Reis, Caetano e Gustavo Salomão; Thiaguinho, Matheus Jussa e Mazinho (Welliton); Elvis, Roberto (Matheus Oliveira) e Fábio.
Técnico: Renan Freitas

Local: Couto Pereira
Árbitro: Andrey da Silva e Silva (PA)
Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias (PA) e Bárbara Roberta da Costa Loiola (PA)
Gol: William Matheus, 14 do 1º
Cartões amarelos: Robson, Rafinha (COR); Cléber Reis (OES)
Renda: R$ 394.860,90
Público pagante: 21.476
Público total: 22.349