Um dos protagonistas do primeiro jogo da final do Campeonato Paranaense, o zagueiro Escudero foi muito cobrado pelo grupo e pela comissão técnica do Coritiba.

Apesar da bronca pelas atitudes do defensor, que agrediu o atacante Crislan, do Atlético, e deu declarações polêmicas no Twitter, o técnico Marquinhos Santos negou que o gringo seja vetado para a grande final, domingo (12), no Couto Pereira.

Um dos que mais cobrou o zagueiro foi o meio-campo Alex, capitão do time. “Dentro de campo conversamos com o Escudero. Ele tem uma vontade de ajudar muito grande. Mas ele está tranquilo como sempre esteve”, afirmou o artilheiro do Coxa.

Segundo o técnico Marquinhos Santos, existe a possibilidade do zagueiro começar como titular. “Nós temos problemas pelo lado esquerdo. O Escudero é uma opção para começar jogando ou entrar no decorrer da partida”, destacou o treinador.